Trabalho desenvolvido na Bibliomóvel de Proença vai dar origem a Livro

Trabalho desenvolvido na Bibliomóvel vai ser transformado em livro

Os 15 anos de trabalho desenvolvido pela Bibliomóvel – Biblioteca Itinerante de Proença-a-Nova vão ser transformados em livro, recuperando a recolha que tem sido realizada pelo bibliotecário Nuno Marçal no blog O Papalagui (http://opapalagui.blogspot.com/) de divulgação das andanças da Bibliomóvel por estradas, terras e gentes de Proença-a-Nova. “A Bibliomóvel tem ao longo destes anos, e neste 2021 que celebra 15 anos de atividade, sido um exemplo de como a ação da biblioteca pública interage diretamente com a população e se torna inclusiva, afetuosa, rompe a solidão e torna-se veículo de coesão e oportunidade, que tem no livro, na palavra e, sobretudo, na presença a sua maior expressão”, refere João Lobo, presidente da Câmara Municipal de Proença-a-Nova.

Em época de pandemia, a Bibliomóvel encontra-se na linha da frente da rede de solidariedade, continuando a percorrer, com o colaborador António Sequeira, as aldeias do concelho – em conjunto com a Unidade Móvel de Saúde – para dar apoio à população, principalmente a enquadrada no chamado grupo de risco (idosos e doentes crónicos) e colaborar na entrega domiciliária de livros que a Biblioteca Municipal tem em curso numa altura em que se encontra fechada ao público por força do Estado de Emergência.

Recorde-se que no início deste ano, a Direção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas anunciou a Bibliomóvel como vencedora da sexta edição do Prémio Boas Práticas em Bibliotecas Públicas Municipais, referente ao trabalho desenvolvido em 2019, justificado com o facto de disponibilizar, para além dos serviços tradicionais de biblioteca, outras valências (com uma forte componente social), “o que contribui para o impacto que têm junto das comunidades servidas”. Entre eles, encontram-se o acesso à Internet, o pagamento por multibanco e a articulação com outros serviços do Município, ou ainda as parcerias que desenvolve.

No decurso dos anos, a Bibliomóvel foi capacitada para ser um posto avançado de contacto com o Município com várias valências e serviço de internet. E se este equipamento nos orgulha e tem somado notoriedade e prémios, é também porque existe um rosto: o nosso viajante bibliotecário Nuno Marçal.

É sempre nas pessoas que reside a diferença, é para as pessoas que existimos e é esta a missão de um servidor público, caminho que o Nuno tem trilhado com identidade exemplar”, sintetiza João Lobo.

Este caminho, coroado com o Prémio de Boas Práticas, esteve na base do voto de louvor a Nuno Marçal, proposto pela vereadora Helena Mendonça na reunião de câmara de 18 de janeiro e aprovado por unanimidade por todo o executivo municipal.

Sobre Jornal de Oleiros

Nascemos em 25 de Setembro de 2009. Lutamos arduamente pela defesa do interior, o apoio às famílias e a inclusão social. Batemo-nos pela liberdade e independência face a qualquer poder. Somos senhores da nossa opinião.
Esta entrada foi publicada em Destaques, Proença-a-Nova com as tags , . ligação permanente.