Oleiros protege floresta com fogo controlado

Município de Oleiros promove ação de fogo controlado para proteção do pinhal

 Município de Oleiros promove ação de fogo controlado para proteção do pinhal

Fogo controlado ajuda a proteger o pinhal interior

O Município de Oleiros promoveu este dia 18 de janeiro uma ação de fogo controlado em povoamentos de pinheiro bravo.

Esta ação contou com a participação do Serviço Municipal de Proteção Civil de Oleiros, da Agência para a Gestão Integrada de Fogos Rurais (AGIF), Corporação de Bombeiros Voluntários de Oleiros, Sapadores Florestais da Associação de Produtores Florestais de Alvéolos e Moradal, Unidade de Emergência e Proteção e Socorro da GNR (UEPS) e Força Especial de Proteção Civil (FEPC).

A execução de fogo controlado em pinhal, resume-se à queima das agulhas e matos debaixo das copas das árvores e tem como objetivo a proteção dos povoamentos de pinheiro bravo, através da redução da intensidade dos incêndios, facilitando e melhorando os resultados das operações de supressão, aumentando a segurança dos operacionais em combate, permitindo também, reduzir o impacto ecológico dos incêndios, dano e mortalidade das árvores pós incêndio.

O processo de introdução do fogo controlado em pinhal no município de Oleiros, teve início durante o inverno de 2019-2020, através de um projeto desenvolvido em parceria com o Núcleo Sub-Regional da Beira baixa da Agência para a Gestão Integrada de Fogos Rurais (AGIF) e curso de fogo controlado promovido pela Comunidade Intermunicipal da Beira Baixa.

O uso do fogo controlado na gestão dos espaços florestais, em particular nos concelhos do Pinhal Interior, começa assim a apresentar resultados visíveis, sendo notória a sua importância como ferramenta de gestão de carga combustível, que consequentemente começa a fazer parte integrante do processo de gestão do pinhal, num território onde historicamente os Incêndios Rurais graves são uma realidade.

O que é fogo controlado?

Consiste no uso do fogo na gestão dos espaços florestais, sob condições, normas e procedimentos com vista à prossecução de objetivos específicos e quantificáveis em planos de fogo controlado, que é executado sob responsabilidade de um técnico credenciado pelo Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF). O uso da técnica de fogo controlado carece de planeamento e aprovação prévia pelas entidades competentes (ICNF; Sede de Comissão Municipal de Defesa da Floresta contra Incêndios).

Esta técnica de gestão dos espaços florestais tem vindo a ser aplicada em Portugal para gestão de carga combustível, há já alguns anos, maioritariamente na zona norte e centro do país, começando agora a ser introduzida no pinhal interior.

Sobre Jornal de Oleiros

Nascemos em 25 de Setembro de 2009. Lutamos arduamente pela defesa do interior, o apoio às famílias e a inclusão social. Batemo-nos pela liberdade e independência face a qualquer poder. Somos senhores da nossa opinião.
Esta entrada foi publicada em Oleiros com as tags , , , . ligação permanente.