Idanha-a-Nova – Boas notícias sobre o Covid-19

Situação Epidemiológica em Idanha-a-Nova

. Armindo Jacinto informa a população e o país

O concelho de Idanha-a-Nova sai esta quarta-feira, 9 de dezembro, da lista de concelhos de risco elevado de contágio pela COVID-19, transitando para o grupo de concelhos de risco moderado.

A melhoria da situação epidemiológica deve-se, sobretudo, ao comportamento responsável da população Idanhense, que permitiu reduzir muito significativamente o número de novos casos.

Na sequência dos surtos ocorridos em outubro, os Idanhenses souberam redobrar os esforços e os cuidados para cumprirmos todas as normas e recomendações da Direção-Geral da Saúde. O resultado deste esforço tem sido uma grande diminuição do número de casos ativos.

Tem sido igualmente fundamental o empenho das Autoridades de Saúde e de todos os profissionais de Saúde, agentes de Proteção Civil, Forças de Segurança, Juntas de Freguesia, IPSS’s, escolas, sector empresarial e associativo, paróquias e muitos outros que têm contribuído para combater esta pandemia.

Não podemos deixar de lembrar e manifestar, porém, o nosso profundo pesar pelo falecimento de munícipes do nosso concelho, vítimas da pandemia de COVID-19. As nossas mais sinceras condolências para todos os familiares e amigos.

Com a chegada da Quadra Natalícia, é muito importante reforçarmos as regras de prevenção da propagação da COVID-19: o uso de máscara (incluindo nas ruas e espaço público), a higienização das mãos, a etiqueta respiratória e o distanciamento físico e social.

Neste momento de encontros familiares, não podemos descurar as medidas de segurança. A bem da saúde de todos, é importante protegermo-nos uns aos outros, para que este Natal seja pleno de paz e esperança.

Uma palavra para o sector empresarial.

Os nossos restaurantes e unidades de alojamento, o comércio e os produtores locais, têm feito por merecer toda a nossa confiança.

Fazer as compras de Natal no concelho de Idanha-a-Nova, visitar as nossas terras, almoçar ou jantar na restauração local, é apoiar quem aqui investe e cria emprego, com toda a segurança e tranquilidade.

Vamos terminar o ano com a expectativa de ter uma vacina, mas não nos podemos descuidar nas medidas de prevenção. Os próximos meses serão determinantes para que, em breve, possamos regressar a uma vida que desejamos não ter as atuais restrições.

Contamos com a colaboração de todos.

 

Sobre Jornal de Oleiros

Nascemos em 25 de Setembro de 2009. Lutamos arduamente pela defesa do interior, o apoio às famílias e a inclusão social. Batemo-nos pela liberdade e independência face a qualquer poder. Somos senhores da nossa opinião.
Esta entrada foi publicada em Castelo Branco, Idanha-a-Nova com as tags . ligação permanente.