Oleiros integra projecto “Condomínio da Aldeia”

Candidatura Oleirense a projeto piloto Condomínio de Aldeia foi uma das 11 aprovadas a nível nacional

. Medida apoia a reconversão de áreas florestais em áreas agrícolas

A assinatura do projeto “Condomínio de Aldeia – Programa de apoio às aldeias localizadas em territórios de floresta” decorreu no passado dia 23 de outubro, em Castelo Branco.

O Município de Oleiros foi um dos 11 municípios a nível nacional que viram a sua candidatura a esta medida aprovada. O projeto piloto, no âmbito do Programa de Recuperação e Resiliência para a política da paisagem da floresta em Portugal, tem como objetivo converter áreas florestais em áreas agrícolas, prevendo uma dotação máxima de 50 mil euros por município.

Em Oleiros, o primeiro aglomerado populacional contemplado servirá de exemplo a outras povoações que queiram aderir a reconversão da faixa de gestão de combustível, cumprindo o estipulado no Aviso n.º 10223/2020 (publicado em Diário da República).

Na cerimónia esteve presente o presidente da Câmara Municipal de Oleiros, Dr. Fernando Marques Jorge, assim como o Ministro do Ambiente e da Acção Climática, João Pedro Matos Fernandes, o Secretário de Estado da Conservação da Natureza, das Florestas e do Ordenamento do Território, João Paulo Catarino e restantes representantes dos Municípios.

O Ministro aproveitou a ocasião para revelar que nos próximos cinco anos haverá apoios para a constituição de 800 condomínios de aldeia, sendo este “um projeto importante para podermos ter aldeias mais seguras e valorizar o nosso capital natural, criando riqueza para os habitantes das próprias aldeias”.

Sobre Jornal de Oleiros

Nascemos em 25 de Setembro de 2009. Lutamos arduamente pela defesa do interior, o apoio às famílias e a inclusão social. Batemo-nos pela liberdade e independência face a qualquer poder. Somos senhores da nossa opinião.
Esta entrada foi publicada em Destaques, Oleiros com as tags , , . ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *