Farol dos Ventos inaugurado no Cortiçada Art Fest Weekend

Farol dos Ventos inaugurado no Cortiçada Art Fest Weekend

A inauguração das três obras integradas no Roteiro de Obras de Arte na Paisagem – “Véu”, “Farol dos Ventos” e “Moon Gate” – assim como a realização de desafios, workshops e concertos, resumem aquilo que foi o Cortiçada Art Fest Weekend, entre 31 de julho de 2 de agosto, um evento online inédito que uniu os concelhos de Proença-a-Nova, Oleiros e Sertã.

A partir de “uma cicatriz do pinhal interior sul, que são os incêndios florestais e que ciclicamente destroem a nossa riqueza natural e património florestal, traduziu-se agora numa oportunidade, ao relacionarmos a cultura e ela ser o vetor principal para dinamizar estes territórios.

Proença-a-Nova, Oleiros e Sertã uniram-se no Cortiçada Art Fest e nestas três obras, e é com orgulho que vejo aqui um exemplo para que futuramente se realizem outras iniciativas culturais intermunicipais”, explicou João Lobo, presidente da Câmara Municipal de Proença-a-Nova.

Este projeto deu início a uma relação intermunicipal destacada pela Diretora Regional de Cultura do Centro, Susana Menezes, que elogiou o empenho das entidades, dos artistas e da comunidade em participar na cultura: “a cultura é um dos maiores aliados dos nossos territórios e este projeto é um dos exemplos daquilo que se pode fazer quando os municípios se aliam para dinamizar práticas culturais que visam a participação cívica, a fruição cultural e patrimonial, estimulam o sentido de responsabilidade social e ambiental e a integração das populações num desígnio único”.

Este festival decorreu ao longo de três dias, cada um deles dedicado a um dos concelhos, com uma programação em comum: desafios diários online onde os participantes eram convidados a partilhar a sua interpretação da obra, através de outras formas de arte, seja o desenho, pintura, a escrita, a fotografia ou o filme, e promover a sua partilha; workshops e concertos online a partir dos diferentes concelhos.

Américo Rodrigues, Diretor Geral das Artes, felicitou todos os envolvidos pelo trabalho realizado, sublinhando o papel fundamental da criação artística e, sobretudo, o exemplo onde “a arte contemporânea se liga ao território e ao povo e este foi o espaço perfeito para esse cruzamento”.

Em Proença-a-Nova foi inaugurado o “Farol dos Ventos”, da autoria da MAG: Marta Aguiar, Sofia Marques de Aguiar e Mariana Costa, executado em cabos náuticos coloridos no topo sudoeste do maciço rochoso quartzítico, da Buraca da Moura – localizada na Serra das Talhadas, junto à aldeia de Chão do Galego – a 1 de agosto. Helena Fernandes partilhou a sua arte: tapeçarias, pintura a óleo, carvão, cerâmica e outras artes num workshop e o dia encerrou com um concerto em streaming da banda Soul Brothers Empire, para rever no canal do Youtube do Município disponível no canal do Youtube do Município.

O Cortiçada Art Fest é um projeto financiado pela DGARTES, no âmbito do “Programa de Apoio em Parceria – Revitalização do Pinhal Interior – Programa de Desenvolvimento Cultural o Território”.

 

 

Sobre Jornal de Oleiros

Nascemos em 25 de Setembro de 2009. Lutamos arduamente pela defesa do interior, o apoio às famílias e a inclusão social. Batemo-nos pela liberdade e independência face a qualquer poder. Somos senhores da nossa opinião.
Esta entrada foi publicada em Destaques, Turismo com as tags , , , . ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *