Vai ser requalificado o Largo de S. João Batista no Estreito (Oleiros))

Requalificação do Largo de S. João Baptista no Estreito

Requalificação do Largo de S. João Baptista no Estreito

Foi assinado no passado dia 21 de maio, o contrato que marca o início da requalificação do Largo de S. João Baptista no Estreito.

Sabendo que este era outrora um lugar de culto religioso, e é hoje local de convívio e de encontro especialmente por altura de S. João, e tendo ainda em conta a afluência pedonal e de tráfego motorizado neste ponto, existe neste momento a necessidade de o requalificar.

A intervenção pretende não só requalificar a calçada existente, mas também criar uma delimitação de zonas pedonais e zonas de tráfego, tendo em conta que aqui convergem cinco ruas. Este projecto pretende ainda “desenhar” numa parte do pavimento, o traçado original da igreja antiga (da qual resta a Torre Sineira), criando aqui uma pequena zona de lazer.

Ao lado deste espaço surge uma zona ajardinada que delimita a união da Avenida da Igreja com o largo, e que irá receber uma escultura de homenagem aos resineiros.

No mesmo sentido, – do lado oposto – está o “pelourinho”, um elemento algo escondido que se pretende salientar com o traçado de percurso pedestre proposto.

Surgem assim zonas pedonais independentes que até esta data não existiam e também zonas de lazer, onde até hoje apenas existia uma única calçada sem ordem.

A requalificação vem portanto dignificar este espaço com um tratamento urbano de requalificação, além da recuperação e integração dos elementos de claro valor histórico e patrimonial que lá se encontram. A obra representa um investimento de 98.572,56 €.

  • Com Gabinete de Comunicação da Câmara de Oleiros

Sobre Jornal de Oleiros

Nascemos em 25 de Setembro de 2009. Lutamos arduamente pela defesa do interior, o apoio às famílias e a inclusão social. Batemo-nos pela liberdade e independência face a qualquer poder. Somos senhores da nossa opinião.
Esta entrada foi publicada em Destaques, Estreito, Oleiros com as tags , . ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *