Filarmónica Idanhense celebrou 128 anos

Filarmónica Idanhense celebra com música 128 anos

A Filarmónica Idanhense celebrou o seu 128º aniversário na quinta-feira, 8 de dezembro, com um dia dedicado à promoção da música e da cultura.

De manhã a banda realizou o tradicional desfile pela vila de Idanha-a-Nova.

Na parte da tarde subiu ao palco do Centro Cultural Raiano, com o grupo União Portuguesa, para apresentar o memorável concerto “Canções do Rock Português”.

“A Filarmónica Idanhense é hoje mais do que uma banda de música: é uma instituição de referência pelas suas múltiplas valências”, realçou Carla Costa, presidente da instituição.

Além de contar com 50 elementos no corpo de executantes, a Filarmónica Idanhense dinamiza projetos como a Academia de Artes “Catarina Chitas” (200 alunos), a Universidade Sénior de Idanha-a-Nova (250 alunos) e o Centro de Recursos da Memória e da Música.

A Câmara Municipal de Idanha-a-Nova associou-se às comemorações.

O presidente da autarquia, Armindo Jacinto, enalteceu o orgulho que os idanhenses sentem na sua filarmónica.

É uma instituição que representa sempre muito bem o concelho, é exemplo de juventude, dinâmica e excelência. Por isso, tem um papel fundamental na estratégia de Idanha-a-Nova como Cidade da Música da UNESCO”, afirmou Armindo Jacinto.

O Jornal de Oleiros endereça saudações à Filarmónica Idanhense.

Filarmónica Idanhense

Filarmónica Idanhense

 

Sobre Jornal de Oleiros

Nascemos em 25 de Setembro de 2009. Lutamos arduamente pela defesa do interior, o apoio às famílias e a inclusão social. Batemo-nos pela liberdade e independência face a qualquer poder. Somos senhores da nossa opinião.
Esta entrada foi publicada em Destaques, Idanha-a-Nova com as tags . ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *