O bloqueio de Lisboa

Dia feio, anormal

As imagens que estamos a transmitir para o exterior são confrangedores.

A manifestação ( em movimento…), porque se fixou nas partidas do aeroporto e porque estão a impedir o trânsito na Rotunda do Relógio, passou a bloqueio.

Bloqueio exige intervenção policial e retirada coercisa das viaturas que impedem a circulação.

Desejamos que o bom senso impeça que cheguemos a esse ponto, extremamente perigoso, especialmente agora ao cair da noite.

De forma profissional fomos ver as faces dos polícias, dos cães destacados para o local e, evidentemente dos motoristas e também de passageiros que procuram táxis *a chegada a Lisboa.

O que vimos deixou-nos impressionados e preocupados.

A classe parece unida num objectivo impossível.

A UBER e a CABIFY vieram para ficar, quem o decide é o utilizador.

A solução pode estar no meio termo, contingentar e permitir que os táxis trabalhem com as plataformas.

É preciso agora posição política urgente, aliás, neste momento já tardia.

Táxis parados

Táxis parados

Sobre Jornal de Oleiros

Nascemos em 25 de Setembro de 2009. Lutamos arduamente pela defesa do interior, o apoio às famílias e a inclusão social. Batemo-nos pela liberdade e independência face a qualquer poder. Somos senhores da nossa opinião.
Esta entrada foi publicada em Comunidades, Destaques, Opinião com as tags . ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *