I Convenção da Órbita – Notável prestação do Hotel de Santa Margarida em Oleiros

Hotel de Santa Margarida e Câmara Municipal de Oleiros deram as mãos e proporcionaram meios complementares e de conhecimento da região a tão importantes visitantes, estando presentes Fernando Jorge, Presidente da Câmara e Paulo Urbano, Vereador no acolhimento aos participantes na I Convenção da Órbita.

O domingo foi dia de passeio em conjunto com técnicos do Município e da Naturtejo que fizeram uma visita guiada pelo concelho.

A saída do Hotel Santa Margarida, onde teve lugar a Convenção, aconteceu cedo e o trajeto passou pela Igreja Matriz do Estreito, fazendo logo depois uma breve paragem no Miradouro do Zebro.

O destino seguinte foi a Cascata da Fraga da Água d’Alta com 25 metros, que impressionou pela sua vegetação fechada e pela sumptuosidade do costume, especialmente nesta época do ano.

Fraga Alta

Fraga Alta

A última visita foi ao Miradouro do Mosqueiro que permite vislumbrar as Serras da Estrela, Gardunha e Lousã além das majestosas sinuosidades do rio Zêzere.

O Hotel de Santa Margarida, com a sua qualidade e capacidades era indispensável para que estes acontecimentos fossem possíveis e concretizáveis com sucesso.

Trata-se de uma acção que trará dividendos a toda a região e, naturalmente ao Concelho de Oleiros.

Mais é hoje evidente e reconhecido que o Hotel de Santa Margarida é hoje um factor de arrastamento que beneficia todas as restantes instalações existentes no Concelho, as quais beneficiam fortemente desta estrutura profissional criado com visão.

Aplausos.

hotel frente

 

Hotel Santa Margarida

Hotel Santa Margarida

 

 

 

 

 

PF

Notícias do último fim de semana em Oleiros.

I Convenção da Órbita
Órbita junta rede de agências em Oleiros
para “dar uma nova dinâmica a todo o grupo
A Órbita Viagens & Rent-a-Car realizou a sua I Convenção este fim-de-semana em Oleiros, juntando a sua rede de 17 agências de viagens, que em 2015 facturou perto de sete milhões de euros, mais 20% que um ano antes, numa perspectiva de “dar uma nova dinâmica a todo o grupo”.

Adriano Portugal, Paula Gonçalves e António Carvalho

A empresa começou como agência de viagens em 1998, em Prado, Vila Verde, com Paula Gonçalves, e passou a designar-se Órbita Viagens & Rent-a-Car em 2005 com a entrada de um novo sócio especializado em rent-a-car, António Carvalho.
A Órbita, que aderiu ao Grupo GEA em 2004, abriu no ano seguinte uma filial em Braga e um ano mais tarde outra em Amares, lançando-se ao franchinsing em 2007 com a abertura de um balcão no Porto.
O grupo conta actualmente com 15 balcões em Portugal Continental, um na Madeira e um em Angola, que no ano passado atingiram em conjunto um volume de vendas perto de sete milhões de euros, mais 20% que em 2014.
A rentabilidade, segundo afirmou Paula Gonçalves, acompanhou o mesmo ritmo de crescimento da facturação.
As viagens corporativas representam 30% da vendas da Órbita, enquanto as viagens de lazer representam 40% e o rent-a-car, em que o grupo conta apenas com viaturas da marca Mercedes, cerca de 30%, avançaram à imprensa Paula Gonçalves, António Carvalho e Adriano Portugal, que integrou o grupo em Dezembro como director Comercial.
Ao fazer um balaço da I Convenção, realizada nos dias 16 e 17 de Janeiro no Hotel Santa Margarida, em Oleiros, Castelo Branco, António Carvalho explicou que o objectivo “foi dar uma nova dinâmica a todo o grupo, uni-los e fazer acreditar naquilo que estamos a tentar desenvolver”.
Os operadores turísticos Sonhando, iTravel e Soltrópico, a Pullmantur, a Bedsonline, Easy Booking, Galileo, Air Europa e os seguros RNA foram alguns dos oradores da primeira Convenção da Órbita.
A ideia para o futuro, segundo António Carvalho, “passa por aumentar a rede não num leque muito abrangente, é restrito, tanto que o franchise tem exclusividades de zona”, um limite de balcões por cidade ou região.
As regiões em que a Órbita poderá vir a abrir balcões incluem o Algarve, os Açores e o interior de Portugal, como Beja, Évora e Trás-os-Montes.
A par disso, a contratação de um novo elemento, o Adriano, vem para ajudar a desenvolver também em termos de produto próprio, em termos de know-how para os próprios balcões, um maior apoio”, acrescentou o responsável, frisando que “a formação junto dos balcões será uma aposta importante”.
A nível de oferta, Adriano Portugal destacou que Órbita não dá “preferências a operadores, queremos estar bem com todos, obviamente explorando as mais-valias de cada um dos players”.
Se um player é especializado numa determinada área é com ele que deveremos ir ter”, reforçou.
A sua perspectiva para o futuro da Órbita passa por “criar uma imagem que nos possa trazer algum prestígio”, “aliar a nossa marca a uma imagem que marque pela diferença”.

Sobre Jornal de Oleiros

Nascemos em 25 de Setembro de 2009. Lutamos arduamente pela defesa do interior, o apoio às famílias e a inclusão social. Batemo-nos pela liberdade e independência face a qualquer poder. Somos senhores da nossa opinião.
Esta entrada foi publicada em Destaques, Oleiros, Turismo com as tags , . ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *