Oleiros aprovou orçamento para 2016

Oleiros aposta em Orçamento sustentável

. Loteamento do S. Lourenço avança

. Oposição abstem-se

Em 2016, a Câmara Municipal de Oleiros vai contar com um Orçamento de 10,1 milhões de euros.

O valor, praticamente idêntico ao ano transato, foi aprovado por maioria em sessão de câmara, com duas abstenções da Plataforma de Cidadãos Independentes “Mais Oleiros”.

A Autarquia definiu estratégias e linhas orientadoras que assentam num princípio de sustentabilidade e pressupõem a execução de medidas e programas transversais a todas as áreas.

Foi ainda uma preocupação, manter o equilíbrio financeiro da autarquia, continuando no entanto, a contribuir para o desenvolvimento do concelho e o bem-estar dos seus cidadãos.

De todas as áreas contempladas, destacam-se a Proteção Civil e Floresta, que prevê uma fatia de 674.500 € dedicados principalmente à beneficiação da manutenção da rede viária florestal assim como o apoio à Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Oleiros, fundamentais no combate ao flagelo dos incêndios.

Este investimento integra ainda a limpeza dos caminhos florestais e criação de pontos de água assim como a manutenção e criação de novas câmaras de vigilância florestal implementadas pelo Município de Oleiros no âmbito do Sistema de Apoio à Decisão.

Os apoios às Juntas de Freguesia e Associações integrados na Administração Geral, perfazem o total de 755.000€.

Por seu turno, a ampliação, beneficiação e conservação da rede viária consomem um total de 722.500€, cujo valor contempla ainda a obra do loteamento urbano em S. Sebastião que ficará pronto em 2016.

Avançam também no próximo ano, os apoios para Operações de Reabilitação Urbana.

A educação continua a ser no próximo ano um setor de grande aposta, com uma verba de 401.000€.

Os apoios vão desde os transportes escolares gratuitos para todos os alunos e as refeições escolares gratuitas para crianças do 1º ciclo e a todos os alunos com problemas económicos. O Município assegura ainda as atividades de enriquecimento curricular e a oferta de livros e manuais escolares a todos os alunos até ao ensino secundário.

A ação social também tem sido valorizada, com projetos estruturantes integrados no programa Oleiros Jovem, como o apoio à fixação da população através do apoio à natalidade e o apoio à 1ª habitação a casais jovens.

De realçar ainda, a atribuição de bolsas de estudo aos estudantes do concelho no ensino superior e o apoio à recuperação de habitações degradadas. Os Contratos Locais de Desenvolvimento Social são uma novidade que pretende desenvolver ações de apoio a pessoas isoladas, combate ao envelhecimento e desertificação, entre outras.

Outros projetos ganham destaque no próximo ano, como o abastecimento de água, a aquisição de terreno para construção da Capela Mortuária de Oleiros, a aquisição de uma nova viatura de recolha indiferenciada de Resíduos Sólidos Urbanos ou a eficiência energética que já foi alvo de candidaturas.

O setor do turismo e divulgação tem tido uma franca alavancagem, dando a conhecer Oleiros através de eventos como a Feira do Pinhal, a Mostra do Medronho e da Castanha, o Festival Gastronómico do Maranho e do Cabrito Estonado, entre outros que se afirmam a nível nacional.

O Rock na Rua que estreou este ano também faz parte do plano de atividades, assim como a Feira Medieval que volta a Oleiros em 2016.

Desta forma e apesar da conjuntura económica, o Executivo Municipal pretende continuar a priorizar as pessoas e as suas necessidades, com investimentos estratégicos.

Câmara de Oleiros

Câmara de Oleiros

 

Sobre Jornal de Oleiros

Nascemos em 25 de Setembro de 2009. Lutamos arduamente pela defesa do interior, o apoio às famílias e a inclusão social. Batemo-nos pela liberdade e independência face a qualquer poder. Somos senhores da nossa opinião.
Esta entrada foi publicada em Destaques, Oleiros com as tags . ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *