Política portuguesa

Enquanto os novos Partidos, como o PDR e o LIVRE se preparam para influir na reorganização política em Portugal, o PDR por exemplo, prepara-se para concorrer em todos os Distritos, nomeadamente em Castelo Branco onde José Lagiosa Coordenador Distrital nos informou que dia 20 a lista distrital será apresentada ao Conselho Nacional do Partido e, posteriormente aos cidadãos, os restantes, com excepção do PS, perdem fulgor.

As últimas sondagens mostram mesmo uma descida generalizada de intenções de votos em todos os Partidos, exceptuando o PS, o único a crescer e que apareceu unido na Convenção estando ultrapassadas globalmente as divergências entre os “ex-Seguristas” e “Costistas”.

O aparecimento de António Capucho na Convenção do PS e o apoio explícito a António Costa é, para as nossas fontes, um sinal de que Rui Rio se prepara para concorrer às presidenciais, aproveitando-se o bom ambiente que sempre existiu nas relações A. Costa / Rui Rio, sinal de apaziguamento nas relações Belém/S.Bento,  tão necessário no futuro

Coordenador do PDR em Castelo Branco

Coordenador do PDR em Castelo Branco

Os próximos dados podem começar a ser mais conclusivos, verificando-se aí o efeito da Convenção do PS e as últimas ofensivas da Coligação no poder.

O apelo ao voto é generalizado.

A necessidade de convencer os descontentes é marcante.

Os abstencionistas são o maior grupo e, em Democracia esse não é um dado positivo.

Sobre Jornal de Oleiros

Nascemos em 25 de Setembro de 2009.
Esta entrada foi publicada em Destaques, Política com as tags . ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *