Estratégia “Recomeçar” conquista novos potenciais Idanhenses

Um mês depois do lançamento do projeto

150 famílias querem recomeçar em Idanha-a-Nova

Lançada no final de março, a estratégia “Recomeçar” conquista novos potenciais Idanhenses, todos os dias.

Um mês depois do arranque, já há cerca de 150 famílias com processos abertos na plataforma de apoio ao projeto.

Com um notável alcance nacional e internacional, a estratégia “Recomeçar” tem originado contactos dentro e além-fronteiras.

Lisboa e Porto concentram o maior número de interessados em mudar de vida e apostar no imenso potencial de Idanha-a-Nova.

É ali que aspiram a encontrar uma alternativa aos constrangimentos dos grandes centros urbanos, conciliando o bem-estar e a proximidade da natureza com o empreendedorismo, o profissionalismo e a inovação.

Os interessados chegam um pouco de todo o País, mesmo dentro do próprio concelho, mas também de territórios mais distantes como o Reino Unido ou Brasil.

Os canais oficiais do Município de Idanha-a-Nova na Internet registaram um crescimento extraordinário nos seus acessos: entre 16 de Março e 14 de Abril, 8399 utilizadores – 69% dos quais novos visitantes – procuraram saber mais sobre Idanha-a-Nova. Na sua página oficial de Facebook, as publicações relacionadas com o programa “Recomeçar” foram vistas por 52.158 pessoas.

«Uma resposta muito positiva, que demonstra uma realidade que só pode deixar o país satisfeito: são cada vez mais os portugueses – e não só – a decidir olhar para o campo como um espaço de oportunidade onde a qualidade de vida é uma realidade», explica Armindo Jacinto, presidente da Câmara de Idanha-a-Nova.

A Câmara Municipal tem recebido e acompanhado de forma personalizada os potenciais empreendedores na construção do seu projeto de vida familiar e profissional.

«Qualquer que seja área de interesse, Educação, Habitação ou Profissional/Empresarial, os projetos de vida que nos são apresentados são acompanhados de forma personalizada. São e serão seguidos durante o tempo que for necessário, até que haja sucesso. Com o programa Recomeçar, queremos ajudar os que aqui vivem, os que querem para cá vir e os que querem regressar. Queremos que aqui construam os seus projetos de vida. Que façam planos. Podem trazer as suas empresas, ou criá-las cá de raiz. Criamos oportunidades para a implementação de empresas na região, ao mesmo tempo que fomentamos a criação de emprego que outros poderão abraçar», acrescenta Armindo Jacinto.

Todos os interessados têm contado com um acolhimento personalizado e um convite para conhecer melhor Idanha-a-Nova. Definir expectativas, delinear ideias e projetos tem sido uma realidade nas sessões presenciais, que são o ponto de partida para quem aspira em mudar de vida.

Idanha é um dos maiores municípios do País. Tem cerca de 1400 quilómetros quadrados, paisagens diversificadas e apresenta um património natural e histórico-cultural muito significativo.

O programa Recomeçar assenta na marca Idanha-a-Nova e em quatro pilares: Idanha Green Valley, um pilar ligado ao conhecimento e inovação na ruralidade e ao posicionamento mundial do território nesta área; Idanha Experimenta dá aos interessados a oportunidade de experimentar a vida rural; Idanha Vive, com a criação de condições especiais para quem vive ou pretende viver neste território; e Idanha Made In, que apoia e promove todos os produtos de Idanha-a-Nova.

Estes quatro programas ramificam-se, por fim, em 26 projetos estruturantes, já em implementação. Todos eles farão com que Idanha-a-Nova seja, cada vez mais, o local ideal para recomeçar no Campo.

Idanha-a-Nova

Idanha-a-Nova

 

 

Sobre Jornal de Oleiros

Nascemos em 25 de Setembro de 2009. Lutamos arduamente pela defesa do interior, o apoio às famílias e a inclusão social. Batemo-nos pela liberdade e independência face a qualquer poder. Somos senhores da nossa opinião.
Esta entrada foi publicada em Comunidades, Destaques, Idanha-a-Nova, Inclusão com as tags . ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *