Rally de Castelo Branco vai estar ao rubro e pode decidir campeonato

CAMPEONATO NACIONAL DE RALIS 2015

RALLYE CIDADE DE GUIMARÃES

JOSÉ PEDRO FONTES, MIGUEL RAMALHO E O DS 3 R5 ARRASAM CONCORRÊNCIA EM GUIMARÃES

Equipa venceu oito das 12 especiais da primeira prova de asfalto do ano.

O DS3 R5 foi o carro mais rápido no rali nortenho e a equipa estreou-se a vencer.

Melhor era (praticamente) impossível para o DS 3 Vodafone Team!

A dupla José Pedro Fontes/Miguel Ramalho dominou por completo os acontecimentos no Rally Cidade de Guimarães e estreou-se nas vitórias, na segunda prova pontuável para o Campeonato Nacional de Ralis 2015, que se disputou este fim-de-semana.

Confiantes nas capacidades do DS 3 R5 que estrearam há cerca um mês em Fafe, a equipa deu, desta feita, uma inequívoca mostra do seu valor, que se reflectiu na vitória em oito especiais, triunfos que valeram ainda a conquista de 29 pontos adicionais no Campeonato. Depois da terceira melhor marca na Super Especial levada a cabo no centro da “cidade berço” na noite de Sexta-feira, José Pedro Fontes entrou ao ataque e não só venceu a primeira especial da manhã de hoje, como saltou de imediato para o comando da classificação geral.

Logo aqui ficou bem patente que a equipa tinha reunidas todas as condições para chegar ao triunfo: “na fase em que estamos, sem um conhecimento pleno do carro, aquilo que fazemos é tentar andar o melhor possível!

Estamos ainda em período de aprendizagem, mas conscientes de que o trabalho que desenvolvemos na preparação deste rali tinha sido positivo. Findos os testes, era para nós certo que tínhamos condições para vir a Guimarães discutir a vitória no rali,” afirmou José Pedro Fontes.

A verdade é que ao longo das 12 especiais ao cronómetro, o DS 3 R5 esteve impecável, e com a dupla a elevar o nível de conhecimento da ‘montada’ e das suas reacções, em cada especial o fosso para os rivais foi-se alargando e no final do dia, a diferença para o segundo classificado cifrou-se em mais de 20 segundos.

“Na segunda fase da prova, na tarde de hoje, com a vantagem que tínhamos conseguido, percebemos que, mesmo querendo vencer troços e, assim, somar mais pontos para o Campeonato, podíamos assumir uma postura de expectativa em relação aos nossos rivais, e, desta forma, correr menos riscos. Este foi um resultado excelente! Para nós, vencer o segundo rali que disputámos com o DS 3 é algo de absolutamente notável. Por outro lado, também me agrada a forma consistente como alcançámos os nossos objectivos, que estão, naturalmente, renovados para o rali que temos pela frente já dentro de duas semanas, em Castelo Branco. ”, confidenciou o piloto no final do rali. Superado, com distinção, este desafio vimaranense, o DS 3 Vodafone Team vai de imediato iniciar a preparação do Rali Cidade de Castelo Branco, prova organizada pela Escuderia albicastrense e que estará na estrada nos dias 24 e 25 de Abril. CLASSIFICAÇÃO FINAL (oficiosa):

1º DS 3 Vodafone Team – José Pedro Fontes/Miguel Ramalho (DS 3 R5), 1h10m00

2º João Barros/Jorge Henriques (Ford), a 23,7s

3º Ricardo Moura/António Costa (Ford), a 1m17,1

4º Pedro Meireles/Mário Castro (Skoda), a 2m15,1s

5º Carlos Martins/Daniel Amaral (Skoda), a 2m51,8s

CAMPEONATO NACIONAL DE RALIS (APÓS DUAS PROVAS):

1º Ricardo Moura, 44,5 Pontos

2º João Barros 41,5 pontos

3º José Pedro Fontes, 40 pontos

4º Pedro Meireles, 28 pontos

5º Adruzilo Lopes, 24 pontos

José Pedro Fontes

José Pedro Fontes

Sobre Jornal de Oleiros

Nascemos em 25 de Setembro de 2009. Lutamos arduamente pela defesa do interior, o apoio às famílias e a inclusão social. Batemo-nos pela liberdade e independência face a qualquer poder. Somos senhores da nossa opinião.
Esta entrada foi publicada em Castelo Branco, Desporto, Destaques com as tags , . ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *