PS do distrito de Castelo Branco debate desigualdades e protecção social

PS do distrito debate desigualdades e proteção social

A Federação Distrital de Castelo Branco do PS organizou, em conjunto com a Concelhia da Covilhã, a Conferência “Desigualdades e Proteção Social“, proferida pelo Deputado Vieira da Silva, ex-Ministro do Trabalho e da Solidariedade Social.

A conferência, que contou com a presença de militantes, simpatizantes e dirigentes de IPSS’s da região, constituiu uma oportunidade para discutir e analisar os “efeitos dramáticos das medidas do Governo PSD–CDS, tomadas desde 2011, particularmente nas áreas fundamentais do estado social – a saúde, a educação, a solidariedade social – e os enormes desafios que se colocam a toda a sociedade Europeia“.

Na abertura dos trabalhos, a Presidente da Federação Distrital, Hortense Martins, realçou a importância da realização destas iniciativas para esclarecer os cidadãos, e para estimular a adesão e a participação dos militantes e dos simpatizantes, na “abordagem de questões cruciais para o desenvolvimento dos nossos territórios, e na construção de soluções para os problemas com que nos deparamos.” 

Vieira da Silva, ex-Ministro do Trabalho e da Solidariedade Social do PS,  que concebeu e implementou o Complemento Solidário para Idosos, reiterou que “a proteção social não foi a causadora da crise, mas poderá ser uma das suas maiores vítimas“.

O Deputado e Vice-Presidente do Grupo Parlamentar do PS na Assembleia da República, manifestou grande preocupação com a questão demográfica, dado que não só a natalidade em Portugal “é das mais baixas na Europa” como, em resultado da emigração dos últimos anos, o saldo populacional tem vindo a ser negativo.

Por outro lado, também é motivo de preocupação o alargamento das assimetrias regionais, com o Interior a ficar para trás porque foram terminadas medidas de discriminação positiva essenciais para a coesão territorial e social do país.

Assim, conclui Vieira da Silva, ao contrário do que afirma o Primeiro-ministro Passos Coelho, o ano de 2014 não foi melhor que os anteriores e, o de 2015 “arrisca a ser pior, ainda“.

Castelo Branco, PS

Castelo Branco, PS

* Com Cristina Valente em Castelo Branco

 

 

 

Sobre Jornal de Oleiros

Nascemos em 25 de Setembro de 2009. Lutamos arduamente pela defesa do interior, o apoio às famílias e a inclusão social. Batemo-nos pela liberdade e independência face a qualquer poder. Somos senhores da nossa opinião.
Esta entrada foi publicada em Castelo Branco, Covilhã, Destaques com as tags . ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *