Hospitais da região de Castelo Branco receberam financiamento adicional

Castelo Branco

Hospitais da região receberam mais 100 milhões de euros de financiamento adicional

Os hospitais da região, Castelo Branco, Covilhã, e Guarda, receberam nos anos mais complicados da nossa democracia, um financiamento adicional de 100 milhões de euros” a afirmação é de Paulo Macedo, que participou na sexta-feira na  V Jornadas Consolidação, Crescimento e Coesão – “Um Caminho para o Crescimento e o Emprego” organizada pela Distrital do PSD.

O titular da pasta da saúde, admitiu também que apesar de se terem feito algumas contratações, de médicos e enfermeiros, ainda são precisos mais profissionais para esta região, “sabemos que temos que atrair mais médicos e é muito importante contarmos com a universidade“.

Durante a sua intervenção o ministro da Saúde, Paulo Macedo, analisou a trajetória do sector da Saúde nos últimos três anos, começando por afirmar que  o Serviço Nacional de Saúde se encontrava em 2011 “em risco de falência”.

Para Paulo Macedo, 50% dos hospitais estava à beira da falência técnica e enfrentava sérios riscos de corte no fornecimento de material essencial à sua atividade.

Se não tivéssemos equilibrado as contas, o SNS perderia o seu carácter universal e gratuito, bem como a possibilidade de efetuar novos investimentos” lembrando que o Governo teve de dotar a Saúde, para além do orçamento corrente com 3.000 milhões de euros extraordinários, “dinheiro que se destinou a pagar dívidas em vez de, como seria desejável, ter sido investido em mais cuidados continuados para os utentes”.

Por fim, Paulo Macedo recordou que os cortes na Saúde não foram cegos, ao contrário do que muitos agora apregoam. “Cortámos com as fraudes, com o preço dos medicamentos e de dispositivos. Quanto às remunerações dos profissionais, o nosso objetivo é proceder à reposição de rendimentos”.

Paulo Macedo terminou a sua intervenção manifestando a sua confiança nos profissionais de saúde portugueses, “nunca tive dúvidas, nunca a tive nos momentos bons, não tenho sobretudo nos momentos menos bons“.

Manuel Frexes, Presidente da Comissão Politica Distrital do PSD, congratulou-se com o facto do auditório da ESE estar cheio de militantes vindos um pouco de todo o distrito para assistir à iniciativa.

As dificuldades ainda não estão ultrapassadas” afirma Manuel Frexes, “é urgente manter uma postura de bom senso, não podemos pensar que 2015 será menos exigente que foi 2014” alertou o presidente da CPD.

Este é um ano de eleições e Manuel Frexes sugeriu que é preciso “relembrar as pessoas, que o PSD governou nos anos mais difíceis da nossa democracia e dizer que o PSD merece ganhar estas eleições. Temos orgulho no que fizemos pelo país, mas merecemos governar segundo os nossos padrões a nossa filosofia” afirmou Manuel Frexes.

* Com Cristina Valente em Castelo Branco

Manuel Frexes

Manuel Frexes

Paulo Macedo

Paulo Macedo

PSD Castelo Branco

PSD Castelo Branco

 

 

Sobre Jornal de Oleiros

Nascemos em 25 de Setembro de 2009. Lutamos arduamente pela defesa do interior, o apoio às famílias e a inclusão social. Batemo-nos pela liberdade e independência face a qualquer poder. Somos senhores da nossa opinião.
Esta entrada foi publicada em Castelo Branco, Destaques com as tags , . ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *