José Raimundo assume destinos da ESART por mais quatro anos

José Raimundo assume destinos da ESART por mais quatro anos

José Raimundo tomou posse para um segundo mandato à frente da Escola Superior de Artes Aplicadas do Instituto Politécnico de Castelo Branco (ESART).

Na cerimónia que teve lugar no passado dia 21, Carlos Maia, Presidente do IPCB, salientou o percurso de sucesso trilhado pelo IPCB, apesar do momento difícil do país, acrescentado que a tomada de posse de um novo diretor é também, mesmo na continuidade o inicio de um novo ciclo, “um ciclo com esperança, e confiança no trabalho que desenvolvemos diariamente na nossa instituição“.

Carlos Maia lembrou os três grandes desafios que o IPCB irá enfrentar no futuro próximo. A captação de alunos, a nível nacional e internacional, “continua a ser o principal desafio” a adequação da oferta formativa, que potenciará a utilização dos recursos existentes e a crescente qualificação do corpo docente do IPCB, “em 2009 tínhamos 29% do nosso corpo docente com grau de doutor e neste momento temos 52%, uma evolução bastante positiva. Até ao final do ano contamos ter 60% do corpo docente doutorada o que é uma média de enaltecer”, e por último a reorganização da instituição, a nível científico e organizacional, que “aumentará a coesão e transversalidade entre as várias áreas do IPCB”.

O Presidente do IPCB terminou a sua intervenção com a convicção de que “o IPCB continuará a desempenhar um papel fundamental na região” e manifestou a inteira disponibilidade para “dar toda a ajuda e préstimos ao novo diretor”.

José Raimundo agradeceu a toda a comunidade académica o apoio sentido durante os últimos quatro anos, “foi indispensável e fez a diferença“.

O diretor da ESART destacou a aposta “no património humano que mantém a ESART numa dinâmica de crescimento” como forma de procura da “combinação perfeita” para o desenvolvimento da Escola, que tem na boa relação com o Presidente do IPCB um fator de conforto.

José Raimundo mencionou ainda a importância das parcerias estratégicas com inúmeras organizações da região, nomeadamente a Câmara Municipal de Castelo Branco, que contribuem para a integração da ESART na comunidade, tendo referido no final da sua intervenção que “conto com todos como elementos indispensáveis de um percurso que a todos pertence”.

José Raimundo

José Raimundo

* Com Cristina Valente em Castelo Branco

 

 

Sobre Jornal de Oleiros

Nascemos em 25 de Setembro de 2009. Lutamos arduamente pela defesa do interior, o apoio às famílias e a inclusão social. Batemo-nos pela liberdade e independência face a qualquer poder. Somos senhores da nossa opinião.
Esta entrada foi publicada em Castelo Branco, Destaques com as tags , . ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *