“Projecto Formar para Empregar” do Modatex, cria emprego e é sucesso

Projeto Formar para Empregar do Modatex já criou 114 empregos na Covilhã

. Grupo Paulo de Oliveira emprega 15 formandos que hoje receberam certificados

O Modatex – Delegação da Covilhã, em colaboração com o Centro de Emprego da Covilhã do IEFP.IP, organizou duas ações de formação de Metedeiras de Fios e de Preparação e Tecelagem, ambas com duração de 300 horas de formação em prática simulada e 500 horas de formação prática em contexto de trabalho.

Estas ações de formação tiveram início em Julho de 2014 nas empresas  do Grupo Paulo de Oliveira, abrangendo 26 formandos, dos quais 19 realizaram a formação prática; destes, 15 concluíram com aproveitamento e certificação, tendo recebido hoje, dia 23 de Janeiro os respetivos certificados.

Este grupo empresarial é um dos maiores grupos têxteis nacionais e o 2ª a nível europeu no setor dos lanifícios,  sendo também o maior empregador do concelho nesta área.

A entrega dos certificados decorreu na sede do Grupo Paulo de Oliveira, na Covilhã, contando a presença da Diretora do Modatex, Dr. Sónia Pinto, do Presidente do Conselho de Administração do Grupo Paulo de Oliveira, Comendador Paulo de Oliveira, do Presidente da Câmara Municipal da Covilhã, Dr. Vítor Pereira, da representantes do Centro de Emprego da Covilhã, Dr.ª Vanda Ferreira e do Presidente da Associação Nacional dos Industriais de Lanifícios (ANIL), Eng.º José Robalo Ferreira.

No dia que marcou a entrada destes formandos num dos maiores grupos têxteis nacionais, os presentes elogiaram a união de esforços das entidades envolvidas nesta parceria, salientando a sua importância para a criação de emprego na região e para a renovação da mão-de-obra numa indústria vital para a região e para o país.

Sónia Pinto deu conta da “satisfação do Modatex em ter contribuído para a inserção no mercado de trabalho destes formandos e logo num grupo com  prestígio e dimensão nacionais”.

A delegação do Modatex na Covilhã já promoveu 10 ações de formação no âmbito deste projeto, que abrangeram 135 formandos, tendo obtido inserção no mercado de trabalho de 114 formandos (84%). Em termos nacionais, o Formar para Empregar atingiu um índice de empregabilidade superior a 96% no primeiro semestre do ano passado.

Formar para Empregar

Lançado em agosto de 2102, o Programa Formar para Empregar, promovido pelo Modatex, tem sido um caso de sucesso no combate ao desemprego nos setores do têxtil e do vestuário. Com um índice de empregabilidade superior a 96% no primeiro semestre deste ano, esta iniciativa procura ir de encontro às necessidades das empresas do setor, contribuindo assim para a modernização e qualificação/requalificação da mão-de-obra. Ao apostar sobretudo na formação em contexto de trabalho e ao articular a procura com a oferta em determinadas indústrias e zonas geográficas, o Formar para Empregar tem, como o próprio nome indica, formado profissionais com novas competências, inserindo-os no mercado de trabalho.

Este projeto, que teve a sua origem em empresas do concelho do Barcelos, está já implementado nos concelhos de Viana do Castelo, Porto, Póvoa de Varzim, Braga, Vila Verde, Vila Nova de Famalicão, Guimarães, Vila Nova de Gaia, Viseu, Seia, Covilhã e Castelo Branco, abrangendo áreas como a costura e a confeção industrial, tecelagem e estamparia.

Como funciona:

Uma vez identificadas as necessidades de cada empresa, são contactados os serviços públicos de emprego a nível local, que colaboram na divulgação destas ações de formação, ajudando a selecionar os candidatos que as vão frequentar. Além das empresas e dos centros de emprego, todo este processo conta também com o envolvimento dos técnicos do Modatex, que participam na elaboração das ações e na respetiva certificação.Cada ação formativa tem características próprias, adaptando-se às necessidades da empresa, ao contexto em que esta se insere e ao local onde vai decorrer a formação. Estas ações têm a duração de 320 horas e no final são emitidos certificados.

Alguns dados:

  • O programa foi lançado em agosto de 2012
  • Em 2013 foram emitidos 303 certificados. Destes, 239 formandos (78,9%) garantiram inserção profissional
  • No primeiro semestre de 2014 foram emitidos 173 certificados e 169 tiveram inserção profissional (97,7%)

Desde o início do Projeto, o Modatex já formou 476 formandos, sendo que 86% (406 participantes) conseguiram colocação profissional.

Modatex entrega Certificados

Modatex entrega Certificados

 

Sobre Jornal de Oleiros

Nascemos em 25 de Setembro de 2009.
Esta entrada foi publicada em Covilhã, Desemprego, Destaques com as tags , . ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *