França cerra fileiras e arrasta Europa na defesa da Democracia

EDITORIAL

Antes morrer de pé do que de joelhos

Um mote significativo que como jornalista pratico.

A França está a sofrer um ataque brutal, inusitado, em várias frentes.

Segurança na Europa está a ser reforçada, pois defrontamos inimigos que decapitam friamente e não podem ser substimados.

O mundo ocidental junta-se, reflete.

É preciso separar o Islão destes terroristas radicais. As pinturas desta noite na Mesquita de Lisboa são um erro brutal e devem ser combatidos de imediato.

Sejamos prudentes.

O Islão é uma religião de máxima respeitabilidade. Ter em Portugal um Sheik como o Senhor Munir é um privilégio.

Sejamos prudentes.

França

França

PF

Sobre Jornal de Oleiros

Nascemos em 25 de Setembro de 2009. Lutamos arduamente pela defesa do interior, o apoio às famílias e a inclusão social. Batemo-nos pela liberdade e independência face a qualquer poder. Somos senhores da nossa opinião.
Esta entrada foi publicada em Destaques, Opinião com as tags , . ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *