Benfica CB cumpre calendário e roda jogadores

CAMPEONATO NACIONAL SENIORES – SÉRIE E

Benfica e Castelo Branco 2 – Mortágua FC 0

Com o apuramento para a fase seguinte da competição, o Benfica e Castelo Branco aproveitou esta receção à equipa da Beira Alta do Mortágua, para fazer rodar alguns jogadores menos utilizados durante os jogos até aqui realizado.

Benfica-Mortágua

Isso notou-se, durante a primeira parte, com muitos passes falhados, erros de posicionamento individuais e a equipa nunca conseguiu atingir os níveis exibicionais de outros encontros.

Pese embora o desacerto coletivo na maior parte do tempo, houve ainda oportunidades que só não resultaram em golo porque o guardião forasteiro, Mauro, fez um excecional punhado de intervenções, durante o 1º tempo, adiando o que parecia inevitável, o abrir do marcador pelos encarnados.

Apesar da subida de rendimento, na 2ª parte, foi necessário esperar pelo último quarto de hora do desafio para que o Benfica CB abrisse o marcador. Foi aos 74 minutos, por Marocas, que bisou quatro minutos depois

Tempo ainda para a expulsão, com vermelho direto, para o mortaguense Sérgio Alves aos 87 minutos por entrada muito violenta, a roçar a agressão.

A fechar o tempo de jogo Marocas falhou o terceiro, cabeceando por cima da barra.

Jogo morno, a cumprir calendário, a rodar jogadores menos utilizados e a consolidar o primeiro lugar da série E, do Campeonato Nacional de Seniores.

A arbitragem do homem do trio da Madeira esteve em bom plano com uma ou outra falha que não comprometeu o desempenho global.

Estádio Municipal de Castelo Branco

Árbitro: Anzhony Rodrigues

Auxiliares: Luís Freitas e Tiago Neves (AF Madeira)

Benfica CB: Folgado, André Cunha, Tomé (65, João Rui), Vasco Matos, Tiago Pereira (80, Sebastien), Tomás, Guimar, Ragner (80, Fábio Brito), Job, Fábio Santos e Marocas

Treinador: Ricardo António

Marcador: Marocas (74 e 78)

Cartão amarelo: João Rui (69

Mortágua: Mauro, Moacir, Mauro Cunha, Barca, Ricky, Paulo Ribeiro (85, João Vasco), Diogo Ribeiro (73, Tagui), André Simões (83, Dani Alves), Sérgio Alves, Fábio André e Rola

Treinador: Maná

Cartão amarelo; Moacir (66) e Rola (70)

Cartão vermelho: Sérgio Alves (87)

Esta entrada foi publicada em Desporto, Destaques. ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *