Associação da Beira Baixa apoia mulheres na criação de empresas

CONSTITUÍDAS SETE EMPRESAS POR SETE EMPREENDEDORAS

 A Associação Empresarial da Beira Baixa (AEBB) quer fomentar o empreendedorismo feminino na região através do projeto “mulher +” e já deu formação e apoio técnico a mulheres para criarem as suas próprias empresas.

aebb + nercab_logo

O projeto “mulher +”, financiado em 100% pelo Programa Operacional Potencial Humano (POPH), pretende apoiar mulheres empreendedoras, que se encontram desempregadas, a criarem o seu próprio negócio.

“Foram constituídas sete empresas por sete empreendedoras e atualmente estão mais três empresas em constituição”, disse hoje à agência Lusa o presidente da AEBB, António Trigueiros de Aragão.

O “mulher +”, que envolveu 13 mulheres em situação de desemprego, teve início em julho de 2013 e tem o final previsto para dezembro de 2014.

A AEBB vai tentar estender a duração do programa até março de 2015, uma vez que existem três empreendedoras que ainda não têm as suas empresas constituídas.

Mulher

“O projeto começou com formação em gestão, onde as empreendedoras adquiriram competências nesta área e, noutra fase, receberam consultadoria e assistência técnica para a elaboração do plano de negócio e tutoria de acompanhamento ao arranque do negócio”, explicou o presidente da AEBB.

A cada uma das empreendedoras é ainda atribuído um prémio de 5.030 euros para o arranque das empresas.

O projeto inclui também a constituição de uma rede de apoio às empreendedoras, através da qual lhes vai ser disponibilizado online um conjunto de ferramentas de apoio à consolidação do negócio.

*Com Lusa

Esta entrada foi publicada em Destaques, Economia. ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *