Escola de Judo Ana Hormigo distinguida com “Capacitar 2014”

PRÉMIO ATRIBUÍDO PELO BPI

A Escola de Judo Ana Hormigo, através do seu projeto de responsabilidade social “Judo para Todos” foi uma das entidades distinguidas com o Prémio BPI Capacitar 2014 conhecidas no passado dia 3 de Dezembro em Lisboa, data em que se assinalou o Dia Internacional da Pessoa com Deficiência. A Cerimónia da 5ª Edição BPI Capacitar decorreu no Centro Cultural de Belém onde foram distinguidas as 25 melhores candidaturas entre 264 analisadas, premiando com rigor e exigência diversas entidades a nível nacional.

Abel Louro, Ana Hormigo Pedrosa e Pedro Pires

Dr. José Pena Amaral, membro da Comissão Executiva do BPI, reforçou a importância desta iniciativa como sendo um dos prémios mais relevantes em Portugal. Referiu ainda que “só foi possível apoiar menos de 10% das candidaturas, beneficiando ainda assim 3.000 pessoas portadoras de deficiência ou com incapacidade permanente”. Também António Seruca Salgado, Presidente do Júri, felicitou as entidades premiadas pelo papel preponderante destas instituições na sociedade portuguesa para que a sociedade funcione em harmonia e coesão.

O Projeto “Judo para todos – Incluir, Igualar e Aperfeiçoar” baseia-se em 3 conceitos que visam a melhoria da qualidade de vida e a Inclusão social. Pretende-se com este projeto Incluir Crianças, Jovens e Adultos com diversas deficiências (intelectual, motora, auditiva e/ou visual); Igualar a oferta de oportunidades desportivas, não excluindo as pessoas pela suas limitações; e Aperfeiçoar não só as capacidades psicomotoras como também a relação interpessoal, o autocontrolo e a autoestima desta população.

Ana Hormigo e Abel Louro

Ana Hormigo e Abel Louro

O prémio atribuído destina-se a equipar e melhorar as condições de treino através da aquisição de material didático, tapetes e fatos de judo, bem como apoiar as atividades e ações que promovem a inclusão de todos os seus associados.

A Escola de Judo Ana Hormigo, através da parceria com a Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental – APPACDM de Castelo Branco, já arrancou no início deste ano com o projeto “Judo para Todos” através da inclusão de 20 pessoas desta instituição. Ana Hormigo salienta a importância do papel do Judo com este tipo de população, lembrando que esta é uma modalidade com princípios e com um código moral inigualáveis que podem e devem ser transpostos para além do Tatami (tapete). “Não aprendemos apenas a derrubar e a vencer o adversário, também aprendemos a derrubar barreiras e a vencer limitações no dia-a-dia, aprendemos a cair e a levantar inúmeras vezes, não só no tapete mas também na vida”.

No próximo dia 14 de Dezembro irá realizar-se em Alcains a primeira atividade deste projeto com o Apoio do BPI capacitar 2014 designada por “I Open de Judo Adaptado”. A estreia desta atividade inclui-se na 7ª edição do Torneio Convívio de Natal da Escola de Judo Ana Hormigo que iniciará pelas 9:30h no Pavilhão Desportivo do Agrupamento de Escolas de Alcains e São Vicente da Beira, prologando-se por todo o dia.

Este prémio do BPI, o apoio da Câmara Municipal de Castelo Branco e de outras instituições públicas e privadas têm permitido um trabalho contínuo e reconhecido desta associação com os cerca de 400 associados e respetivas famílias.

Esta entrada foi publicada em Desporto, Destaques. ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *