Exposição fotográfica regista património da aldeia histórica

MONSANTO

A exposição de fotografia “Conhecer, registar e valorizar o património – Monsanto 2014” está patente ao público, até 5 de janeiro de 2015, no Posto de Turismo desta aldeia histórica, englobando mais de 40 imagens captadas pela objetiva de alunos da Escola Superior de Artes Aplicadas (ESART) do Instituto Politécnico de Castelo Branco (IPCB).

A exposição resulta da concretização de um projeto de fotografia, coordenado pelos professores da ESART Alexandra Cruchinho e Nelson Antunes, que consistiu na realização de um Rail Fotográfico por Monsanto envolvendo um grupo de 54 estudantes desta escola.

Exposição1

De acordo com os coordenadores foi definido um percurso que implicou a identificação e passagem por alguns dos pontos de interesse histórico mais representativos daquela que é conhecida como a “Aldeia mais Portuguesa de Portugal”.

Coorganizada pelo Município de Idanha-a-Nova e a ESART, a exposição foi inaugurada, com a presença do presidente da Câmara de Idanha-a-Nova, Armindo Jacinto, do diretor da ESART, José Raimundo, dos coordenadores do projeto e de um grupo de alunos participantes.

A mostra fotográfica é representativa “da relação de grande proximidade entre a Câmara de Idanha-a-Nova e as diferentes escolas do IPCB, por considerarmos que faz todo o sentido a ligação da Academia aos territórios e às comunidades”, referiu Armindo Jacinto.

Apontando o exemplo de Monsanto, um autêntico “museu a céu aberto”, o presidente da Câmara de Idanha-a-Nova sublinhou que “devemos preservar, estudar e valorizar o património, mas devemos também encará-lo como uma estratégia de desenvolvimento para o nosso futuro”.

O presidente da ESART agradeceu o apoio contínuo da Câmara de Idanha-a-Nova à atividade da escola, “dinamizando desde concertos a colóquios ou a exposições que mostram o que a instituição tem para oferecer, com ganhos para o município e para a escola”.

A Câmara Municipal de Idanha-a-Nova produziu um catálogo desta exposição, disponível no Posto de Turismo de Monsanto.

Esta entrada foi publicada em Destaques, Idanha-a-Nova. ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *