Associação Empresarial da Beira Baixa e Câmara de Comércio promovem Interior

“HOJE NINGUÉM É NADA SOZINHO…”

A Câmara de Comércio e Indústria Portuguesa e a Associação Empresarial da Beira Baixa (AEBB) assinaram hoje um protocolo para a promoção de uma plataforma tecnológica que permite identificar e divulgar oportunidades de negócio e trabalho no interior.

“Hoje, ninguém é nada sozinho, nem o empresário, nem o prestador de serviços ou o técnico e todos estes esforços para aproximar as pessoas são importantíssimos”, disse o presidente da direção da AEBB, António Trigueiros de Aragão, à agência Lusa.

António Tigueiros de Aragão

António Trigueiros de Aragão

A plataforma tecnológica serve de promoção para o programa “O Interior Precisa Disto” e tem como objetivo a identificação de oportunidades de negócio e de trabalho nas regiões do interior, sendo o distrito de Castelo Branco um dos aderentes através da AEBB.

António Trigueiros de Aragão realça, acima de tudo, “o esforço de todas as associações empresariais que tentam encontrar caminhos para o desenvolvimento” das regiões do interior.

“Esta é mais uma ferramenta que será aquilo que todos os empresários e ‘players’ quiserem”, disse.

As regiões do interior do país apresentam assimetrias a vários níveis com o litoral, sobretudo ao nível do desenvolvimento de serviços e de alguns setores da economia.

Em comunicado enviado à Lusa, a Câmara de Comércio e Indústria Portuguesa adianta que tendo em conta o cenário económico atual e as perspetivas futuras “é crítico e fulcral que sejam encontradas soluções pragmáticas, de fácil implementação e rápido retorno que possam colmatar as necessidades mais prementes das zonas menos desenvolvidas do país”.

A plataforma funciona com duas opções: o faz falta cá dentro e o emigre cá dentro.

A primeira (Faz Falta Cá Dentro) é um serviço que permite o levantamento e registo das necessidades e oportunidades existentes nas diversas localidades no interior, numa perspetiva de desenvolvimento económico e local.

A plataforma gratuita permite identificar e agregar todas as necessidades e oportunidades existentes numa determinada região, “para que sejam mais fácil e rapidamente divulgadas”, sendo este trabalho feito em parceria com associações e movimentos locais.

nercab_foto

A segunda opção (O Emigre cá dentro) é um serviço de recrutamento para o interior do país, cujo objetivo é promover e criar emprego de forma estruturada e credível no interior, apoiando as iniciativas locais de emprego.

“Com este serviço, pretende-se estimular a criação e oferta de emprego no interior do país, apoiando as iniciativas locais de emprego”, lê-se no documento.

A fase piloto deste projeto arrancou em Évora e durante 2014 já se juntaram mais dois distritos ao programa, Beja e Castelo Branco, estando previsto a sua expansão para os restantes distritos em 2015.

*Jornal de Oleiros/Lusa

 

 

Esta entrada foi publicada em Destaques, Economia. ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *