Idanha-a-Nova com orçamento de 16,5 milhões de euros para 2015

SETOR DA EDUCAÇÃO RECEBERÁ 500 MIL EUROS

A Câmara de Idanha-a-Nova aprovou um orçamento de 16,5 milhões de euros para 2015, o que se traduz numa redução de 500 mil euros face ao orçamento de 2014. “Em 2015, o município irá investir na coesão económica e social, com uma clara aposta nos setores da agricultura, agroindustrial, agroalimentar e turismo”, disse hoje o presidente da câmara de Idanha-a-Nova à agência Lusa.

Armindo Jacinto, presidente da Câmara Municipal de Idanha-a-Nova

Armindo Jacinto, presidente da Câmara Municipal de Idanha-a-Nova

Armindo Jacinto sublinhou ainda que o setor da educação é um dos que mais verba receberá, no próximo ano, com um investimento previsto que ultrapassa os 500 mil euros. O autarca adiantou que se trata de um valor significativo, sobretudo, se se tiver em linha de conta “o forte investimento” que o município tem realizado neste setor ao longo dos últimos anos. Contudo, justifica esta aposta com a necessidade de criar condições para a fixação de famílias no concelho, outra das prioridades do atual executivo, que quer recuperar da “sangria” de pessoas de que o concelho de Idanha-a-Nova foi alvo. “A criação de medidas para que as pessoas tenham condições para se fixar no concelho de Idanha-a-Nova é fundamental”, disse. E, neste sentido, o autarca considerou que o investimento em setores como a educação, saúde, oferta de habitação económica e captação de micro e pequenas e médias empresas (PME) “é essencial para Idanha-a-Nova”. A Lusa tentou, sem sucesso, obter uma reação do vereador social-democrata António Moreira, que se absteve na votação do orçamento para 2015.

*Com Lusa
Esta entrada foi publicada em Idanha-a-Nova. ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *