“AoDispor.pt ” é ideia extraordinária

Acaba de ser lançado o Ao Dispor para ajudar a resolver a crise em Portugal através duma página web onde todas as pessoas, independentemente da sua profissão, podem oferecer os seus serviços directamente aos seus clientes pela Internet.

O uso do Ao Dispor é inteiramente gratuito, sem subscrições, sem pagamentos, e sem comissões. O Ao Dispor quer ajudar as pessoas desempregadas a encontrar clientes, assim como ajudar pessoas já com empregos a encontrar formas adicionais de complementar os seus rendimentos ou a fazer algo que gostem mais.

Com o Ao Dispor um profissional pode inscrever-se, descrever de forma completa o que pode fazer pelos seus clientes, e dessa forma obter contactos de pessoas interessadas. O Ao Dispor até tem uma agenda para que os profissionais não tenham de se preocupar com a calendarização dos clientes.

O fundador Ricardo Costa Pinho espera assim que os desempregados possam trabalhar encontrando directamente os seus clientes que os procuram, e espera até que as pessoas que tenham emigrado possam voltar a Portugal, graças à possibilidade de arranjar trabalho tendo como clientes as pessoas das suas regiões. É que enquanto há mais pessoas que empresas (daí o desemprego), há mais clientes do que profissionais (daí a dificuldade que temos em encontrar um canalizador ou alguém que vá a nossa casa, por exemplo).

A página www.aodispor.pt tem no seu rodapé um texto do seu fundador onde explica tudo isto (Porque fundei o Ao Dispor) mais as razões que o levaram a criá-lo. Os profissionais que se queiram inscrever podem também fazê-lo desde já gratuitamente em www.aodispor.pt. Logomarca Ao Dispor

Sobre Jornal de Oleiros

Nascemos em 25 de Setembro de 2009. Lutamos arduamente pela defesa do interior, o apoio às famílias e a inclusão social. Batemo-nos pela liberdade e independência face a qualquer poder. Somos senhores da nossa opinião.
Esta entrada foi publicada em Comunidades, Desemprego. ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *