Empresa de confeções Dielmar aposta no mercado japonês

ATUALMENTE PRESENTE EM 28 MERCADOS

A diretora-geral da empresa de confeções Dielmar, Ana Paula Rafael, disse hoje que está a apostar no mercado japonês, onde há um “nicho de mercado” e um “elevado potencial” para os produtos daquela sociedade portuguesa.

Ana Paula Rafael

Ana Paula Rafael

“O mercado japonês tem um potencial elevado para a Dielmar, apesar do ‘made in’ Portugal, no Japão, ainda não estar muito enraizado”, disse Ana Paula Rafael à agência Lusa.

A empresa especializada em confeção de moda masculina, com sede em Alcains, no concelho de Castelo Branco, está a apostar forte na internacionalização da marca.

“Em relação ao Japão, fizemos a primeira abordagem no ano passado, para percebermos se o mercado podia ser recetivo ao nosso produto. Depois de uma primeira visita, consideramos que havia condições para fazermos uma aposta no mercado japonês”, adiantou a responsável.

dielmar-fatos

Ana Paula Rafael explicou ainda que esta é uma aposta onde a resiliência tem que estar sempre presente.

“É um mercado novo, onde o têxtil e o vestuário nacionais ainda não têm uma avaliação, como, por exemplo, o calçado. Isto não é trabalho de um ou dois anos, mas sim um trabalho resiliente”, adiantou.

Contudo, a diretora-geral da Dielmar mostra-se para já satisfeita com os resultados obtidos no Japão.

Em 2013, a Dielmar teve um volume de negócios de 11,8 milhões de euros, sendo que no terceiro trimestre deste ano atingiu os 9,7 milhões de euros, um crescimento face ao período homólogo de 2013 de 17%.

dielmar-trend

Segundo os dados relativos ao terceiro trimestre deste ano, as exportações da empresa representam 59% das vendas e, este ano, o mercado doméstico apresenta um crescimento de dois por cento e as exportações estão a crescer 30%.

A Dielmar está atualmente presente em 28 mercados, sendo que os cinco mais relevantes são, para além do doméstico, Espanha, França, Brasil e Inglaterra.

Fundada em 1965, em Alcains, por quatro alfaiates que uniram os seus conhecimentos, a Dielmar emprega atualmente cerca de 400 trabalhadores.

O principal objetivo da empresa é estar presente nos mercados externos, seja ao nível da exportação, seja ao nível da internacionalização da marca.

*JO/Lusa

Esta entrada foi publicada em Destaques, Economia. ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *