Academia Sénior de Penamacor recebeu alunos e professores

NO DIA INTERNACIONAL DO IDOSO

A ADRACES, em parceria com a Câmara Municipal de Penamacor, as Juntas de Freguesia do concelho e outras forças vivas do território, numa rede de parcerias públicas e privadas, deu início a um conceito inovador do projeto designado por “Academia Sénior de Penamacor”.

b-penamacor

No dia 01 de Outubro, data em que se comemorou o Dia Internacional do Idoso, teve lugar no Jardim das Laranjeiras, na Biblioteca Miunicipal de Penamacor, a Receção Oficial dos Alunos e Professores pioneiros deste conceito, cada vez mais defendido pela Organização Mundial de Saúde que o descreve como um processo de otimização de oportunidades, no sentido de aumentar a qualidade de vida durante o envelhecimento.

O primeiro ano letivo conta com 71 alunos, com idades compreendidas entre os 53 anos e os 84 anos,  e dispõe de um Corpo Docente dinamizador, com espírito de voluntariado, algum tempo livre e vontade de partilhar, composto por 20 professores e 15 ofertas formativas e lúdicas.

Joaquim Morão falou a alunos e professores

Joaquim Morão falou a alunos e professores

Na cerimónia de receção aos alunos e professores, Joaquim Morão, presidente da ADRACES, saudou todos quantos estão envolvidos neste projeto, que vem contribuir para o bem-estar e definir novos objetivos de vida, porque a transição da vida ativa para uma fase de aposentação ou reforma deve ser feita de uma forma muito tranquila. Joaquim Morão falou da importância da Academia Sénior de Penamacor, “fundamental para preencher o tempo livre destas pessoas com coisas úteis. Com este projeto, será possível enquanto se aprende, ocupar o tempo livre”. Salientou ainda que “a ADRACES coloca os meios necessários para por de pé este projeto enquanto que a Autarquia e Juntas de Freguesia, enquanto parceiras da Academia têm por obrigação dar o seu contributo”, porque o envelhecimento ativo pressupõe o envolvimento em atividades diversas que possam estimular cognitiva e fisicamente as pessoas que terminaram a sua vida ativa, mantendo-as socialmente integradas e com objetivos definidos.

António Realinho, diretor da ADRACES, sublinhou a importância e a virtualidade deste projeto que “vai permitir ensinar a quem vem ensinar na Academia”. Esta troca de saberes contribui para “a melhoria e qualidade de vida dos alunos e, ao mesmo tempo, combater a solidão e o isolamento”.

USPenamacor

António Luís Soares, presidente da Câmara Municipal de Penamacor, evocou todos quantos deram alma a este projeto que está agora a começar. “Acredito que seja mais um projeto de sucesso em Penamacor”, sublinha. O autarca deixou um agradecimento aos alunos, “porque sem esta adesão não era possível aspirar ao sucesso”, e a todo o corpo docente que aceitou o desafio de forma totalmente voluntária.

Esta entrada foi publicada em Destaques, Educação. ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *