Projeto da AMS-BR “Star Paper” vence prémio europeu

FÁBRICA EM VILA VELHA DE RÓDÃO

O projeto de apoio ao desenvolvimento de mercados ecológicos e à eficiência de recursos da AMS-BR “Star Paper”, foi um dos vencedores do prémio “European Enterprise Promotion Awards 2014”, atribuídos em Nápoles, no passado dia 2.

O projecto “AMS – THINKING AHEAD”, da fábrica de papel “tissue” sediada em Vila Velha de Ródão, venceu na categoria “Apoiar o desenvolvimento de mercados verdes e a eficiência de recursos”.

José Miranda

José Miranda

Numa nota enviada à agência Lusa, o administrador da AMS-BR “Star Paper”, José Miranda, destacou “a visão, diferenciação e o planeamento estratégico como os segredos do êxito da empresa, que em cinco anos de atividade, atingiu já uma faturação acumulada de 200 milhões de euros”.

José Miranda realçou ainda a “preocupação permanente na redução dos custos energéticos” e a importância estratégica da empresa na “revitalização económica e social” da região onde está inserida.

“Onde outros viam problemas, nós vimos oportunidades. Não há impossíveis nem limites, o que é preciso é visão”, adiantou.

O administrador da AMS-BR “Star Paper” deixou ainda uma palavra de apreço aos colaboradores da empresa: “é devido a eles que conseguimos todos estes êxitos”.

O projeto revolucionou o processo industrial tradicional, com a instalação de uma ligação por ‘pipeline’ ao seu fornecedor de pasta de papel, uma aliança única que reduziu as emissões de CO2 em 11.000 toneladas por ano e deu origem a uma competitividade importante nos mercados externos.

Início da instalação do pipeline em 2011

Início da instalação do pipeline em 2011

Trata-se de um exemplo de “crescimento ecológico” que criou 155 empregos na região.

Outro projeto nacional que marcou presença e que recebeu uma menção especial, foi o “Portugal – FAZÊ-LO”, cuja organização esteve a cargo do Ministério dos Negócios Estrangeiros e da Fundação Calouste Gulbenkian.

Além da categoria “Apoiar o desenvolvimento de mercados verdes e a eficiência de recursos”, são galardoados projetos que promovem o empreendedorismo, a internacionalização de negócios, o investimento em competência empresariais e ainda a categoria “Grand Jury”.

Para além da empresa portuguesa, foram anunciados mais seis vencedores, 12 finalistas e três menções especiais para o “European Enterprise Promotion Awards 2014”.

*Com Lusa

Esta entrada foi publicada em Destaques, Economia. ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *