Covilhã derrota líder Freamunde com “chapéu” de Zé Tiago

DONOS DA CASA NÃO RESISTEM A SERRANOS “EM VISITA DE TRABALHO”

FREAMUNDE 0 – SP. COVILHÃ 1

O líder Freamunde foi hoje derrotado no seu reduto pelo Sporting da Covilhã por 1-0, graças a um remate colocado de Zé Tiago longe da área, em encontro da nona jornada da II Liga de futebol.

O resultado acabou por ser um castigo pesado para o Freamunde, mais forte e determinado no segundo tempo, comparativamente ao melhor período dos serranos na primeira parte, mas premiou a visão de jogo de Zé Tiago.

O camisola”8″,do Covilhã, aos 79 minutos, apenas um depois de ter entrado em campo, apercebeu-se do adiantamento do guarda-redes Marco Rocha, e tentou, com êxito, um “chapéu” de fora da área, que deu vantagem à formação de Francisco Chaló.

Zé Tiago

Zé Tiago

Num jogo intenso, competitivo e, a espaços, competente por parte das duas equipas, o Covilhã entrou melhor, capitalizando a superioridade a meio-campo conseguida pelo recuo e mobilidade dos quatro homens mais adiantados.

Com o passar dos minutos, os locais tranquilizaram-se e ganharam atrevimento, a partir dos 20 minutos, mas as oportunidades de golo rarearam.

As exceções foram protagonizadas em lances de bola parada: aos 32 minutos, o freamundense Jô acertou na cortina defensiva contrária, na cobrança de um livre indireto na área do Covilhã, e, aos 36, foi o serrano Tatui, também de livre, a obrigar Marco a aplicar-se.

Na segunda parte, o Freamunde entrou mais determinado e dominador, face a um Covilhã sem a mesma dinâmica e capacidade física para fechar os espaços, chegando a ameaçar o golo em três ocasiões, mas os remates de Robson e Fausto Lourenço não tiveram êxito, assim como o centro de Huguinho.

O Covilhã reequilibrou-se com a entrada de Bilal, mas seria Zé Tiago a fazer a diferença no marcador, na primeira vez que tocou na bola e no primeiro lance de maior perigo da sua equipa em toda a segunda parte.

Com este resultado, o ainda líder Freamunde, que desperdiçou a oportunidade de cavar o fosso para os diretos perseguidores, mantém 19 pontos, mais sete do que o Sporting da Covilhã, na primeira metade da classificação e com menos um jogo.

Jogo no estádio do SC Freamunde, em Freamunde.

Ao intervalo: 0-0.

Marcador:

0-1, Zé Tiago, 79 minutos.

Equipas:

– Freamunde: Marco Rocha, Bruno Santos, Monteiro, Luís Pedro, Huguinho (Dally, 82), Barbosa, Robson (João Alves, 85), Jô, Pedrinho, Fausto Lourenço (Rui Raínho, 73) e Ansumane.

(Suplentes: Jorge Baptista, Hugo Lopes, Rocha, Rui Raínho, Toni, João Alves e Dally).

Treinador: Filó.

– Sporting da Covilhã: Taborda, Tiago Moreira, Victor Massaia, Joel, Soares, Nana K, Gilberto, Tatui (Zé Tiago, 78), Elenilson (Bilel, 61), Kizito e Traquina (Diogo Coelho, 87).

(Suplentes: Igor, Diogo Coelho, Edgar, Zé Tiago, Xeka, Bilel e Erivelto).

Treinador: Francisco Chaló.

Árbitro: Paulo Baptista (Portalegre).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Joel (28), Tatui (39), Nana K (41), Traquina (51), Victor Massaia (68), Luís Pedro (83), João Alves (89) e Soares (90+4).

Assistência: Cerca de 300 espetadores.

*Com Lusa

 

 

Esta entrada foi publicada em Desporto. ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *