Cerveja artesanal assume protagonismo em festival de Belmonte

UM PROGRAMA RECHEADO DE DIVERSAS OPÇÕES

A cerveja artesanal vai estar em destaque no 1.º Festival do Caneco, que decorre em Belmonte entre os dias 26 e 28 de setembro, anunciou em conferência de imprensa o presidente da Câmara de Belmonte.

folhet

“Este evento enquadra-se dentro da promoção de Belmonte, a par de outros cartazes como a Feira Medieval, que decorreu no passado mês, e o Mercado ‘Kosher’, que aconteceu no início de setembro”, referiu o presidente do município de Belmonte.

António Rocha adiantou que o Festival do Caneco está aberto à região e vai ser “muito focado” no público jovem.

“Queremos que as novas gerações não olhem para nós apenas como uma terra de museus, de história, mas sim como uma terra de animação, de qualidade de vida, de futuro”, sublinhou.

O 1.º Festival do Caneco – Festival de Cerveja artesanal e arte urbana, vai decorrer entre 26 e 28 de setembro, com organização da Câmara de Belmonte.

“Preparámos um mercado de produtos locais e os restaurantes vão ter, ementas com esses mesmos produtos”, sublinha o autarca de Belmonte.

cartaz (3) copy

“É o conceito ‘Quilómetro zero’, produtos que não andaram qualquer quilómetro para chegar à mesa. As ementas terão um logótipo a dizer ‘Aqui – Daqui’ e o restaurante pode dizer quem plantou as couves, criou o cabrito ou colheu as uvas daquele vinho”, explica António Rocha.

Nesta primeira edição, vão estar presentes cerca de 90 “barraquinhas” de cerveja artesanal de expositores de Portugal e de Espanha e, a par destas, existe também um programa de animação.

Artesanato, gastronomia, animação de rua, pinturas de portas, dança contemporânea, desfile de moda, teatro de rua e feira de velharias juntam-se, durante três dias, na zona envolvente ao castelo de Belmonte.

O festival conta ainda com um encontro de escritores, onde vai estar presente Afonso Cruz, com o livro “Jesus Cristo bebia cerveja” e Gabriel Magalhães, com o livro “Restaurante Canibal”.

*José Lagiosa/Lusa
Esta entrada foi publicada em Belmonte, Destaques, Economia. ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *