Geopark Naturtejo celebra acordo de cooperação com geoparque chinês

ASSINADO EM IDANHA-A-NOVA

O Geopark Naturtejo da Meseta Meridional formalizou recentemente um protocolo de cooperação com o Geopark Tianzhushan, na China. A assinatura do acordo teve lugar no salão nobre da Câmara Municipal de Idanha-a-Nova, com a presença de investidores chineses que coincidentemente se encontravam em visita a este concelho.

Acordo_Cooperação

A receção contou com a presença do Presidente do Município e da Naturtejo E.I.M., Armindo Jacinto, de vereadores da autarquia e do Presidente de Junta da União de Freguesias de Idanha-a-Nova e Alcafozes.

A união dos dois territórios pertencentes à Rede Global de Geoparques, sob os auspícios da UNESCO, tem como objetivo estreitar relações e estabelecer plataformas de intercâmbio e cooperação económica, científica e cultural.

Para reforçar estratégias comuns nos domínios da conservação, gestão, promoção turística e desenvolvimento sustentável, o protocolo prevê atividades de cooperação científica, representação conjunta em feiras de turismo e intercâmbios entre investigadores, associações, agentes políticos, comunicação social e tecido empresarial de ambas as regiões.

China_1223

Entre as afinidades que proporcionaram este acordo, destaca-se a abundante presença de granito nos dois territórios, que pode ser catalisadora, de investigação científica e cooperação económica e social.

Refira-se que o Geopark Naturtejo da Meseta Meridional é constituído pelos municípios de Castelo Branco, Idanha-a-Nova, Nisa, Oleiros, Proença-a-Nova, Vila Velha de Ródão estando em desenvolvimento o alargamento a Penamacor.

Esta entrada foi publicada em Destaques, Idanha-a-Nova, Penamacor, Política Internacional, Proença-a-Nova, Vila Velha de Ródão. ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *