Triunfo Italiano em Braga… 42 anos depois!

SELO COM JORNAL OLEIROS

Logo Volta azul +completo

PUB

Com o apoio de: www.quimialbi.pt

Com o apoio de: Quimialbi

http://www.quimialbi.pt

A Volta é um poema…

VICTOR DE LA PARTE MANTÉM AMARELA

Tornou-se pequena a Avenida da Liberdade, em Braga, com tanta cor, entusiasmo e público no final da 2ª etapa da 76ª Volta a Portugal Liberty Seguros.

Quatro décadas depois, a cidade dos Arcebispos, recebeu novamente a mais importante competição do ciclismo português.

Na festa bracarense o italiano Davide Vigano fez-se convidado ao ganhar a discussão ao sprint depois de 171,8 quilómetros.

Vigano vence em Braga

Vigano vence em Braga

Atrás do homem da Caja Rural terminaram os portugueses Filipe Cardoso da portuguesa Efapel/Glassdrive e Hugo Sabido da LA Alumínios/Antarte.

Victor de la Parte da equipa Efapel/Glassdrive continua a ser o homem da Amarela. Apesar das mazelas no corpo devido à queda da véspera, La Parte conseguiu manter a liderança.

Foi a primeira vitória do ano de Davide Vigano, de 30 anos, comemorada numa tirada que causou as primeiras dificuldades na competição com as subidas ao Sameiro e Bom Jesus. “A etapa foi muito complicada, principalmente nos últimos quilómetros. Tenho de agradecer à minha equipa, principalmente ao Ruben Fernandez e ao Luis Leon Sanchez”, sublinhou Davide Vigano que ao somar a vitória em Braga, ao terceiro lugar obtido na Maia, conquistou a Camisola Vermelha Banco BIC, símbolo da liderança da classificação por pontos.

Sobe e desce no regresso a Braga

A chegada a Braga era aguardada com enorme expectativa porque há 42 anos que a Volta não chegava aqui. As atenções estavam voltadas para o circuito final na cidade que incluía três subidas ao Sameiro. Esta etapa, iniciada em Gondomar, marcava as primeiras grandes dificuldades da 76ª Volta a Portugal Liberty Seguros. Ao quilómetro 40, cinco corredores formaram um grupo em fuga e Luís Afonso da LA Alumínios/Antarte, à semelhança do dia anterior, quis fazer parte da fotografia.

Ricardo Rio, presidente do município de Braga e Joaquim Gomes

Ricardo Rio, presidente do município de Braga e Joaquim Gomes

Com ele estiveram Victor Valinho, Louletano/Dunas Douradas, Frederico Figueiredo, Rádio Popular, Juan Martinez, Burgos/BH e Kota Sumiyoshi, Team Ukyo. Como era de esperar, a subida causou estrago e os últimos sobreviventes da fuga acabaram por abdicar depois de 90 quilómetros de protagonismo. Se no centro de Braga o entusiasmo do público era «imenso, as passagens pelo Bom Jesus e Sameiro trouxeram também para a beira da estrada milhares de pessoas que quiseram assistir ao espetáculo deste sobe e desce. António Carvalho, LA Alumínios/Antarte foi quem mais brilhou em duas das três subidas ao Sameiro, o que lhe valeu a liderança do Prémio da Montanha e a Camisola Azul PODIUM.

3ª Etapa – 2 agosto 2014

Viana do Castelo – Montalegre (180 Km)

Hora Partida: 12h10

Hora Prevista Chegada: 17h20

Este sábado, a cidade berço de muitos campeões e amantes do ciclismo vai levar, pela primeira vez, a caravana da Volta ao segundo ponto mais alto de Portugal Continental, a Serra do Larouco no concelho de Montalegre. A partida será dada às 12h10 e os corredores terão pela frente 180 Km muito exigentes com uma subida de 2ª categoria na Caniçada e escalada final de 1ª categoria, na primeira chegada em alto desta edição da Volta a Portugal. Prevê-se que os melhores trepadores atinjam o topo do Larouco às 17h15.   

Antevisão da etapa 3

PUB

banner cartazes

Com o apoio de: Churrasqueira da Quinta

http://www.churrasqueiradaquinta.com

 

Esta entrada foi publicada em Desporto, Destaques, Turismo. ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *