Ajidanha premiada em certame iberoamericano de teatro

IDANHA-A-NOVA

A peça de teatro “À deriva”, da Ajidanha – Associação de Juventude de Idanha-a-Nova, venceu o galardão de melhor ator secundário com Bruno Esteves e o segundo prémio para melhor espetáculo, no valor de 1.500 euros, no 2º Certame Iberoamericano de Teatro “Ciudad de Trujillo”.

À Deriva (1)

O grupo de Idanha-a-Nova era o único representante português entre os oito finalistas deste festival de teatro, que se realizou de 18 a 20 de julho no município de Trujillo, Cáceres, Espanha.

Os finalistas foram selecionados por uma comissão de avaliação, entre 36 propostas oriundas de três países.

Entrega de pr

Entrega de prémios

Durante o fim-de-semana, as oito companhias amadoras deram vida a outras tantas peças, em apresentações no claustro do Palácio Juan Pizarro de Orellana, no Teatro Gabriel y Galán e no Paseo Ruiz de Mendoza.

A cerimónia da entrega de prémios decorreu no domingo, dia 20 de julho.

Esta entrada foi publicada em Destaques, Idanha-a-Nova. ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *