INQUIETUDE – Razões de um apoio

Inquietude

Razões de um apoio

“Não prometo fazer por vós; Não prometo pensar por vós; Não prometo decidir por vós; Prometo, fazer convosco, pensar convosco e decidir convosco” João Paulo Catarino na apresentação pública a 14.7.2014 João Paulo Catarino

Como é já do conhecimento público, apoio João Paulo Catarino, na sua candidatura à Presidência à Federação de Castelo Branco do Partido Socialista.

Poder-se-á perguntar, e sei que muitos socialistas albicastrenses o fazem, por que razão adotei esta posição.

A frase que transcrevo no início desta crónica, resume quase por completo, essas razões.

Jose Lagiosa  Sou fundador da Juventude Socialista Nacional, fui seu dirigente no início da organização, fundei a par de outros camaradas a seção de Moscavide do PS, desenvolvia-a e fi-la crescer ajudando a iniciar um caminho que teve como resultado a gestão da freguesia durante quarenta anos, ciclo que terminou no passado mês de setembro nas eleições autárquicas. Habituei-me, desde então, a discutir política, temas sem medos e em conjunto com os meus camaradas. Fi-lo como militante, como funcionário político para o Alentejo e Algarve e como autarca, numa cidade, a de Viseu numa época em que o distrito era conhecido como o Cavaquistão.

Durante uma dúzia de anos exerci funções na estrutura concelhia de Castelo Branco do PS, inicialmente sob a presidência do meu camarada e amigo João Carlos Marcelo, que saudades João, e posteriormente sob a direção do Luís Correia.

Tive ainda responsabilidades a nível distrital desde 2010, em mandatos do meu camarada Joaquim Morão.

Esta convivência e esta partilha de responsabilidades não me inibem, no entanto, de ter o discernimento suficiente para concluir, vai já algum tempo, de que algo vai mal no PS de Castelo Branco e no PS distrital. Pouco diálogo, decisões pré tomadas anunciadas aos militantes como inevitáveis, uma tendência para um unanimismo bacoco que afunila ideias, escolhas e decisões e afasta sobretudo militantes.

Decidi nas últimas eleições declinar, em comunicação ao presidente da concelhia, a hipótese de continuar no secretariado concelhio. Porque necessitava de me manter afastado, o suficiente, para pensar, alinhar ideias e tomar decisões.

Perante o convite do João Paulo Catarino ainda antes de decidir em avançar com a candidatura sob o lema “Dinamizar o PS, Fortalecer o Distrito” e depois da definição de objetivos consubstanciados nas palavras iniciais, desta crónica, proferidas pelo meu camarada, decidi por uma questão de lealdade para com a minha consciência, apoiar, sem reservas, João Paulo Catarino.

Pelo PS, com o PS, por Castelo Branco e pelo distrito.

Penamacor

* INQUIETUDE, Coluna semanal do Director-Adjunto, José Lagiosa, todas as 5ªas feiras

 

 

Sobre Jornal de Oleiros

Nascemos em 25 de Setembro de 2009. Lutamos arduamente pela defesa do interior, o apoio às famílias e a inclusão social. Batemo-nos pela liberdade e independência face a qualquer poder. Somos senhores da nossa opinião.
Esta entrada foi publicada em Castelo Branco, Destaques, Opinião, Política. ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *