Anúncio de Edital, Rota do Moradal-Pangeia vai ser realidade

ANÚNCIO/EDITAL

1/2014

Município de Oleiros


Implementação da Rota Moradal-Pangeia

AVISO AOS PROPRIETÁRIOS DE TERRENOS

Freguesias de: Estreito-Vilar Barroco, Sarnadas de S. Simão e Orvalho

A Grande Rota do Moradal – Pangeia, é um projeto que visa a valorização e internacionalização do património natural e arqueológico do concelho,através da sua integração no Trilho Internacional dos Apalaches.

O trilho português, a ser implementado em Oleiros – nas freguesias de Estreito-Vilar Barroco, Sarnadas de S. Simão e Orvalho, recebe o nome Rota do Moradal – Pangeia em alusão à emblemática montanha quartzítica deste concelho, muito valiosa em geo e biodiversidade, assim como aocontinente que existiu até há 200 milhões de anos e que reunia todos os continentes que existem atualmente.

Com a introdução em Portugal do mais famoso percurso pedestre do mundo, mais precisamente em Oleiros, permite-se não só essa ligação transcontinental, numa aproximação ao mercado americano, como também se potencia a diversificação da oferta turística desta região do Geopark Naturtejo, sob os auspícios da UNESCO, apostando no turismo de natureza e no touring cultural e paisagístico.Dando diversidade à oferta de experiências ao longo do percurso e pretendendo alargar o leque de potenciais utilizadores, para além da existência deuma via de BTT, da valorização de miradouros existentes e da recuperação de trilhos antigos, o projeto contempla ainda uma escola de escalada euma Via Ferrata com 150 m, a primeira a ser implementada em Portugal.Inserindo-se na estratégia de organização e valorização dos pontos de interesse do concelho e no âmbito do projeto agregador – Rota das Montanhas de Oleiros, a Grande Rota do Moradal – Pangeia, será um eixo turístico de características polivalentes para dar resposta aos diferentes públicos eampliar o interesse de qualquer visitante em conhecer a região.

A sua implementação requer a abertura/limpeza de pequenas “veredas” e desobstrução de passagem, o que inclui corte de matos existentes e pequenas desramações de árvores ou arbustos.

Todos os trabalhos serão feitos por gestão moto-manual da vegetação, sendo o material sobranteincorporado no solo. A previsão de início dos trabalhos é dia 1 de Março de 2014, nos locais assinalados em planta anexa.

O acompanhamento dos trabalhos será feito pela Junta de Freguesia de Estreito/Vilar Barroco, pelo que qualquer outra informação adicional deverá ser obtida junto da mesma.

E para constar se lavrou o presente anúncio/edital que vai ser afixado nos lugares designados por lei, na impossibilidade de contactar pessoalmentetodos os proprietários.

Município de Oleiros, 10 de Fevereiro de 2014.

O Presidente da Câmara Municipal

* (Fernando Marques Jorge) Documento com assinatura legível

Anexos: A publicar em breve

Nota: O presente documento será também publicado na edição em papel.

Sobre Jornal de Oleiros

Nascemos em 25 de Setembro de 2009. Lutamos arduamente pela defesa do interior, o apoio às famílias e a inclusão social. Batemo-nos pela liberdade e independência face a qualquer poder. Somos senhores da nossa opinião.
Esta entrada foi publicada em Destaques. ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *