1 de Fevereiro de 1908, há 106 anos, El-Rey Dom Carlos foi assassinado

1 de Fevereiro de 1908, 106 anos depois…

. O início de um enorme desastre de que Portugal não mais recuperou.

. El-Rey foi assassinado tambem com dois tiros disparados à queima roupa e pelas costas.

Não havendo recurso a fotos, as pinturas “retrataram” o Regicídio e correram o mundo.

………….

Na Imprensa…

….Facto assente é que pouco passava das cinco da tarde quando o landau com a família real partiu do cais do Terreiro do Paço para contornar a praça em direção à rua do Arsenal.

O amplo largo e as arcadas ministeriais estavam repletas de gente que se aglomerara para ver o rei passar e a carruagem circulava com lentidão, antecedida e precedida pela sua guarda real.

Antes de entrar na via mais estreita da rua do Arsenal, da placa central da praça destacou-se um homem de bastas barbas negras – um professor primário de nome Manuel Buíça – que, assentando um joelho no chão para melhor fazer pontaria, disparou por diversas vezes sobre o rei D. Carlos com a sua carabina, atingindo-o no pescoço, no ombro e no rosto.

Do lado oposto, vindo das arcadas do então Ministério da Fazenda, um segundo elemento – Alfredo Costa, um caixeiro de 24 anos – subiu ao estribo traseiro do landau, disparou o seu revólver duas vezes contra as costas do rei e acabou por visar também o príncipe D. Luiz Filipe, que entretanto se erguera. O rei teve morte instantânea, o príncipe viria a morrer alguns minutos mais tarde.

In “DN”.

……….

Regicídio

Sobre Jornal de Oleiros

Nascemos em 25 de Setembro de 2009. Lutamos arduamente pela defesa do interior, o apoio às famílias e a inclusão social. Batemo-nos pela liberdade e independência face a qualquer poder. Somos senhores da nossa opinião.
Esta entrada foi publicada em Destaques. ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *