Veteranos de Castelo Branco 5, Velha Guarda de S. Mamede 1

VETERANOS DE CASTELO BRANCO 5 – VELHA GUARDA DE S. MAMEDE 1

Veteranos vencem com goleada à antiga

Um jogo que se antevia difícil, competitivo e rasgadinho, em que os Veteranos de Castelo Branco queriam vingar a derrota sofrida na primeira volta e única no campeonato perante estes Veteranos de raça de S. Mamede.

O que se antevia concretizou-se no passado sábado e num final de tarde de sol no Parque Urbano de Castelo Branco, em que se defrontaram duas equipas muito adultas futebolisticamente e com um querer enorme em ganharem ambas este jogo.

Mesmo sem poderem contar com algumas peças habituais do seu xadrez, os albicastrenses entraram bem na partida e com uma teia de um 4x1x2x3 engendrado por Nuno Fonseca, rapidamente se apoderaram do controlo total do jogo utilizando intensidade e rapidez nas transições e na defesa um grande espírito de solidariedade.

Os Veteranos de S. Mamede tentavam contrariar esta superioridade técnica e tática, usando e abusando do físico com algumas entradas mais ríspidas, que não intimidaram os albicastrenses no seu prepósito de ganhar e demonstrar que a derrota da primeira volta tinha sido um mero engano.

O intervalo chegou com o resultado favorável aos da casa por três bolas sem resposta, com o segundo golo apontado por Francisco Lopes de levantar o estádio pelo sentido de oportunidade, a força e a colocação do remate, atributos só possíveis num jogar de classe.

Com o resultado construído no primeiro tempo os homens da casa entraram em gestão, procedendo a algumas substituições que possibilitaram uma pequena reação dos homens de S. Mamede com a obtenção do seu golo de honra, mas que não chegou para por em causa o resultado final e a justiça no vencedor. 

Destaque para Luís Cunha que juntou mais quatro golos ao seu pecúlio concretizador, que é o mais produtivo da equipa com 21 golos em 9 jogos disputados.

A equipa alinhou com: Luís Barroso, Luís Amaro (Cap.), Rui Delgado, António Henrique, Alfredo Sequeira, Francisco Lopes, Nuno Fonseca, Joaquim Vieira, Vítor Salvado, Francisco Neves e Luís Cunha e ainda António Castanheira, João Alfredo, Mário Vale, Manuel dos Santos e João Andrade
Orientador: Nuno Fonseca
Golos: Luís Cunha (4) e Francisco Lopes
Árbitro: Carlos Baltazar

No final aconteceu a habitual confraternização entre os elementos de ambas as equipas.

Veteranos


 

 

Sobre Jornal de Oleiros

Nascemos em 25 de Setembro de 2009. Lutamos arduamente pela defesa do interior, o apoio às famílias e a inclusão social. Batemo-nos pela liberdade e independência face a qualquer poder. Somos senhores da nossa opinião.
Esta entrada foi publicada em Desporto. ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *