Os nossos produtos em Lisboa

Lisboa abre porta a promoção do Interior

Pinhal Maior

Futuro espaço com loja e cafetaria vai ser apresentado dia 19

No centro de Lisboa, uma porta aberta para o Portugal rural em toda a sua diversidade cultural e gastronómica: dentro de pouco tempo abrir essa porta será um gesto simples, graças a um projeto de criação de um espaço dos territórios rurais no Largo do Intendente, em Lisboa. Um espaço que terá loja agroalimentar, cafetaria, zona de exposições e um programa de animação associado, em resultado de uma parceria que junta a Câmara de Lisboa e seis associações de desenvolvimento regional.

O protocolo de cooperação vai ser assinado no próximo dia 19 de julho, às 17 horas, no Largo do Intendente, numa sessão que inclui a exposição do projeto, música e uma apresentação de cozinha ao vivo. Uma oportunidade de espreitar um pouco do que poderá esperar-se do futuro espaço quando ficar concluído.

ADER-Al (Associação para o Desenvolvimento em Espaço Rural do Norte do Alentejo), CoraNE (Associação de Desenvolvimento dos Concelhos da Raia Nordestina), LEADERSOR (Associação para o Desenvolvimento Integrado do Sor), Pinhal Maior (Associação Desenvolvimento do Pinhal Interior Sul), Tagus (Associação para o Desenvolvimento Integrado do Ribatejo Interior) e Terras de Sicó são as seis entidades aliadas, em parceria com a Câmara de Lisboa, nesta promoção conjunta de regiões que procuram atrair novos olhares e visitantes para os seus territórios.

Da parte do Município de Lisboa, além do apoio à promoção junto da Associação de Turismo de Lisboa e da EGEAC, a parceria prevê apoios nos eventos que venham a decorrer no Largo do Intendente e que contribuam para o plano de revitalização desta área da cidade.

* Com Magda Ribeiro em Proença-a-Nova

** Direcção do Jornal de Oleiros estará presente neste acontecimento ímpar.

 

Sobre Jornal de Oleiros

Nascemos em 25 de Setembro de 2009. Lutamos arduamente pela defesa do interior, o apoio às famílias e a inclusão social. Batemo-nos pela liberdade e independência face a qualquer poder. Somos senhores da nossa opinião.
Esta entrada foi publicada em Destaques, Economia, Oleiros. ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *