Os Quintais nas Praças do Pinhal em Oleiros, enorme sucesso

Acções que devem repetir-se
A primeira feira de Oleiros dos Quintais nas Praças do Pinhal, realizada no passado dia 10 de fevereiro (domingo), revelou-se um enorme sucesso, tendo registado um aumento significativo de participantes e a afluência de muito público, a quem nem o mau tempo que se fazia sentir demoveu da sua intenção de ir até àquela vila do Pinhal visitar um novo paradigma de mercado e porventura, uma das mais badaladas feiras tradicionais da atualidade. Pelo recinto passaram muitas centenas de pessoas que levaram para casa os produtos mais frescos e naturais provenientes dos quintais da região.
Com a participação de cerca de 65 produtores, a mostra ganhou pela diversidade e vontade de afirmar um território dotado de iguarias genuínas. As tradições culturais também tiveram o seu destaque, com a presença de artesanato e animação musical, dois argumentos que fizeram as delícias dos presentes. Pelo palco da feira, houve assim lugar para uma mostra de folclore, bandas filarmónicas, concertinas e grupos de cantares oriundos dos cinco concelhos (Oleiros, Mação, Proença-a-Nova, Sertã e Vila de Rei) que integram este projeto intermunicipal tutelado pela Pinhal Maior.
Quase a terminar a primeira ronda pelo território, esta é uma iniciativa que veio para ficar e simultaneamente, uma aposta ganha por todos. Recorde-se que o projeto pretende estimular a atividade agrícola, através do aproveitamento e escoamento dos seus excedentes, dando novas respostas às populações, potenciando a criação de novas dinâmicas geradoras de riqueza no território e fomentando uma imagem positiva de toda a região. Paralelamente a este conceito, consolida-se uma marca global de prestígio e potencia-se a criação de fluxos turísticos importantes para toda a região.

* Apoio Gab. Com. da Câmara de Oleiros

Sobre Jornal de Oleiros

Nascemos em 25 de Setembro de 2009. Lutamos arduamente pela defesa do interior, o apoio às famílias e a inclusão social. Batemo-nos pela liberdade e independência face a qualquer poder. Somos senhores da nossa opinião.
Esta entrada foi publicada em Destaques, Economia, Oleiros. ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *