“Aldeias Seguras”, Proença-a-Nova implementa acções de divulgação

Ações de sensibilização divulgam projeto “Aldeia Segura – Pessoas Seguras”

. Saiba locais e datas

Proença-a-Nova (1 de junho)

Malhadal (7 de junho)

S. Pedro do Esteval (11 de junho)

, Sobreira Formosa (12 de junho)

Montes da Senhora (15 de junho)

Peral (18 de junho)

Catraia Cimeira (19 de junho)

Alvito da Beira (20 de junho)

e Moitas (22 de junho)

São estas localidades que vão receber as ações de sensibilização sobre o projeto “Aldeia Segura – Pessoas Seguras”, às 18h30, organizadas pelo Município de Proença-a-Nova, em parceria com a Autoridade Nacional de Proteção Civil, os Bombeiros Voluntários de Proença-a-Nova, a GNR / SEPNA, as Juntas e Uniões de Freguesia e as associações locais. “Infelizmente, os incêndios de 2017 mostraram que há informação insuficiente da parte das populações sobre o que fazer em caso de incêndios florestais de grande dimensão.

É nesse sentido que no âmbito deste projeto serão criados locais de refúgio para as pessoas onde existirão os kits de abrigo”, refere o presidente da Câmara Municipal, João Lobo. “Com estas ações pretende-se que todas as pessoas conheçam os caminhos sinalizados a percorrer até ao local de refúgio e os procedimentos a tomar”, acrescenta. No final de cada ação de sensibilização, será realizado um simulacro.

Criado pela Autoridade Nacional de Protecção Civil, a iniciativa “Aldeia Segura, Pessoas Seguras” tem duas vertentes de acção: a que pretende proteger o aglomerado populacional, estabelecendo “medidas estruturais para protecção de pessoas e bens, e dos edificados na interface urbano-florestal, com a implementação e gestão de zonas de protecção aos aglomerados e de infraestruturas estratégicas, identificando pontos críticos e locais de refúgio”; e o programa “Pessoas Seguras”, destinado a promover “ações de sensibilização para a prevenção de comportamentos de risco, medidas de autoprotecção e realização de simulacros de planos de evacuação, em articulação com as autarquias locais”, e estipula a criação de “uma rede automática de avisos à população em dias de elevado risco de incêndio, com o objectivo da emissão de alertas para proibição do uso do fogo, bem como outras actividades de risco e ainda medidas de autoprotecção, dirigidas para públicos específicos”.

Aldeias Seguras

Aldeias Seguras

Sobre Jornal de Oleiros

Nascemos em 25 de Setembro de 2009.
Esta entrada foi publicada em Destaques, Proença-a-Nova com as tags . ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *