Bio região de Idanha apontada como exemplo

Idanha-a-Nova

Bio Região de Idanha apontada como exemplo

Idanha-a-Nova, a primeira Bio Região em Portugal, foi convidada a partilhar a sua experiência na Conferência Internacional das Bio Regiões, que decorreu no dia 11 de maio em Braga.

A Bio Região de Idanha-a-Nova esteve representada por Armindo Jacinto, presidente da Câmara Municipal, por Catarina Pereira, presidente do Centro Municipal de Cultura e Desenvolvimento, e por Jean-Claude Rodet, do Centro Documental Raiano, instituição ao serviço da produção biológica e da saúde natural que tem sede em Idanha.

Nesta conferência, Armindo Jacinto foi convidado a apresentar a estratégia de Idanha-a-Nova como Bio Região, pelo seu carácter pioneiro que tem dinamizado a criação de uma rede de bio regiões no país.

A adesão de Idanha-a-Nova à Rede Internacional de Bio Regiões [em fevereiro deste ano] tem permitido trabalhar e promover as potencialidades do concelho, desde as empresas aos produtos turísticos, gastronómicos, culturais, entre outros, de uma forma diferenciadora e mais sustentável”, sintetiza Armindo Jacinto.

A conferência inseriu-se na Agro 2018, feira internacional de agricultura em Braga.

Neste evento, o Município de Idanha-a-Nova também marcou presença com o espaço idanha.pt onde promoveu as potencialidades do território.

Armindo Jacinto

Armindo Jacinto

Armindo Jacinto

Armindo Jacinto, Jean Claude Roude e Catarina Pereira

Sobre Jornal de Oleiros

Nascemos em 25 de Setembro de 2009.
Esta entrada foi publicada em Destaques, Idanha-a-Nova com as tags , . ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *