Maria João Nascimento: a candidata da coragem!

Maria João Nascimento: a candidata da coragem!

Esta candidatura surge no seio de uma sociedade machista, racista, conservadora e cuja capacidade dos jovens é sempre questionada no que diz respeito à ocupação de cargos de poder, por isso, surgir uma candidatura como a da Maria João é sempre um ato de esperança e coragem.

A Maria João é candidata pelo Nós, Cidadãos à Junta de Freguesia do Sobral (com cerca de 160 eleitores), natural da Cova da Moura, mulher, jovem de 28 anos e negra.

É imensamente difícil  para mim escrever sobre alguém como a Maria, porque há muito que sou seu amigo, que gosto demasiado dela e que lhe reconheço muitos dos defeitos e virtudes. Contudo, não poderia deixar de o fazer, a consciência impera-me este artigo.

Como alguém disse há 4 anos, a Plataforma Mais Oleiros, agora, ” Nós, cidadãos “ , está a cumprir Abril em Oleiros, está a devolver a democracia às suas gentes, está a restituir a liberdade de pensar e decidir.

Foi em grande parte com este sentimento que a Maria aceitou o convite de ser candidata à  Junta de Freguesia onde reside.

Mas sei, também, que foi pela vontade e capacidade de fazer MAIS pela sua terra e pelas suas gentes que encabeçou este desafio.

Estou certo, que a população do Sobral conhece bem a lista que se apresenta pela plataforma de independentes, precisamente pelo altruísmo e disponibilidade das pessoas que a ingressam e pelas provas de capacidade que dão diariamente no trabalho que desenvolvem.

Essas são as caracterí­sticas que penso mais definirem o carácter da Maria João, e são por isso mesmo, aliado ao facto de pautar a sua vida pela lealdade e amizade, que acredito que a Maria será a grande e justa vencedora deste desafio.

Acredito na vitória!

Acredito na Maria e na sua lista!

Acredito que o Sobral pode ser melhor!

  • João Tomaz, Presidente da JS de Oleiros
Maria João Nascimento

Maria João Nascimento

 

Sobre Jornal de Oleiros

Nascemos em 25 de Setembro de 2009.
Esta entrada foi publicada em Oleiros, Sobral com as tags , , . ligação permanente.

Uma Resposta a Maria João Nascimento: a candidata da coragem!

  1. Dr Fernando Caldeira da Silva diz:

    Por conhecer profundamente África não concordo com a afirmação de que a sociedade portuguesa seja “uma sociedade machista, racista, [e] conservadora…”. A sociedade portuguesa permite que a Maria João (não a negra, nem a jovem) se candidate a um órgão de autarquia enquanto em África o oposto não acontecce. Quem escreveu está a errar imenso em utilizar esses termos numa candidatura. Eu não votaria nela exatamente por causa disso. Deve isso sim apresentar ideia melhores e mais vantojosas para a terra a que se propõe servir. Gente é gente, independentemente da cor da pele, da religião ou da crença política. Se as suas ideias forem melhores ganha, senão perde… E não é por isso que a “sociedade [portuguesa é] machista, racista, conservadora”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *