BE com candidaturas credíveis na Covilhã

O Bloco faz falta!

A transparência e seriedade que caracterizam a forma de trabalhar do Bloco, à muito fazem falta na Covilhã!

É o que pretendemos com as candidaturas que submetemos às próximas eleições autárquicas de 1 de Outubro.
Aportar transparência, seriedade, competência e proximidade à politica do Concelho. Devolver as cidades e as freguesias à sua população, retirando-a da subjugação aos interesses e às politicas desastrosas destes últimos 25 anos.
As pessoas devem voltar a ter nas mãos as decisões que vão influenciar o presente e o futuro, e para isso​ apelamos a uma forte participação nestas eleições.
Com a desastrosa classificação no índice de transparência Municipal, com o 202º lugar em 308 municípios, podemos verificar a pouca importância que no passado, os sucessivos governos locais, atribuíram aos pilares mais importantes de qualquer gestão, DEMOCRACIA e TRANSPARÊNCIA, promovendo a descredibilização​ da política e a cada vez menos participação das populações.
O poder local, que deveria estar mais próximo das suas gentes, é o que menos contas presta, que mais esconde, fazendo crescer o sentimento de impunidade que hoje se atribui aos políticos e a tudo o que os envolve.

Não devemos ter receio de mostrar as contas, divulgar decisões e informar abertamente quem nos eleger.
Somos uma nova equipa que procura uma nova forma de fazer política, pondo o interesse público em primeiro lugar.
Queremos iniciar um novo ciclo autárquico, que invista e valorize as pessoas, que pense e reestruture as cidades, vilas e aldeias, que reinvente o comércio e melhor distribua a riqueza, e que não promova de modo nenhum a exclusão social.”

Câmara Municipal da Covilhã

João José de Sousa Corono, 63 anos, Gerente de Hotelaria, Restauração e Bebidas, ex-Delegado Sindical e Membro do 1º e 2º Secretariado do Sindicato da Função Publica Zona Sul e Açores.

Forte participação no movimento Associativo, Cultural e Desportivo da Covilhã, nomeadamente como membro fundador do Grupo de Intervenção Cultural da Covilhã (Teatro das Beiras) onde foi dirigente e actor. Esteve na fundação do Clube de Campismo e Caravanismo da Covilhã e foi atleta, treinador (camadas jovens) e dirigente do extinto Sport Covilhã e Benfica. Esteve na fundação do Grupo Humanitário dos Dadores de Sangue, foi menbro do Secretariado da Comissão Cívica dos 40 anos do 25 Abril e é Presidente da Assembleia Geral do Arsenal F.C. de S.Francisco. Foi ainda membro fundador da Casado Benfica da Covilhã.

Assembleia Municipal da Covilhã

Nuno Cruz, independente, 28 anos, é natural de Vila Nova de Gaia, residente na Covilhã à 10 anos.

É licenciado em Sociologia e frequenta o mestrado de Pobreza e Políticas Sociais na Universidade da Beira Interior. Foi presidente do núcleo de estudantes de Sociologia da UBI e atualmente é assistente de loja para o grupo Altice. Ao longo do seu percurso académico criou o seu próprio negócio e passou por um call center enquanto completava a licenciatura, sempre na Covilhã.

Assembleia de Freguesia da Covilhã

Nuno Pinto, independente, 40 anos. Natural da Covilhã (Freguesia de Santa Maria). Vigilante de profissão. Ensino secundário completo na área de secretariado, e frequência universitária em Estudos Linguísticos na Universidade Aberta (Uab) Curso de controlo de qualidade para a indústria têxtil e curso inicial formação de formadores. Ex-árbitro da AFCB e passagem pelo associativismo tendo exercido função de secretário no CCD Leões da Floresta.

Contactos:

João Corono – 961133756

Nuno Cruz – 969323963

Nuno Pinto – 910681826

Candidatos do BE na Covilhã

Candidatos do BE na Covilhã

Sobre Jornal de Oleiros

Nascemos em 25 de Setembro de 2009.
Esta entrada foi publicada em Covilhã com as tags , . ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *