A região Centro sob ataque cerrado do fogo e de mãos “criminosas”

A região Centro não necessitava disto, pelo contrário

Contrariando o esforço efectuado por Autarcas e demais entidades ligadas ao desenvolvimento da região, o fogo, regularmente tenta contrariar a necessidade de trazer pessoas para a região.

É verdade que a floresta uma das dádivas da natureza à região não tem sido bem tratada do ponto de vista global. Muito está por fazer no ordenamento do território, sem dúvida.

Acreditamos que após a tragédia de Pedrógão, o envolvimento do Presidente e do Governo, possamos agora iniciar as alterações que são indispensáveis.

Hoje importa salientar o enorme esforço que está a ser feito pelos Bombeiros, pela GNR, pelo Exército e também pelas populações qque combatem ao lado dos operacionais envolvidos.

São milhares de todo o país, centenas e centenas de viaturas, dezenas de aviões.

Além das perdas no terreno, o custo material deste esforço é inenarrável, imenso.

Os fogos, pelas características que evidenciam, seguramente terão mão criminosa, como criminosa tem sido a atitude de alguns Partidos e políticos de baixo valor moral.

Bem hajam todos os que trabalham pelo país e pelas populações num momento que deve ser de união.

Nota do Director: Agradecemos o esforço dos nossos Correspondentes no terreno.

Proença-a-Nova

Proença-a-Nova

Proença, junto ao canil

Proença, junto ao canil

Mação

Mação

Vila Velha de Ródão

Vila Velha de Ródão

Galisteu, Proença

Galisteu, Proença

Vale Serrão, Proença

Vale Serrão, Proença

Sobre Jornal de Oleiros

Nascemos em 25 de Setembro de 2009.
Esta entrada foi publicada em Bombeiros, Oleiros com as tags , , . ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *