Centro Hospitalar da Cova da Beira quer mudança na reclassificação dos hospitais

EM SINTONIA COM UNIÃO DE SINDICATOS

A União dos Sindicatos de Castelo Branco (USCB) e o Centro Hospitalar da Cova da Beira (CHCB) estão em sintonia e defendem a alteração da portaria que reclassifica os hospitais.

Luís Garra

Há convergência de opiniões entre a USCB e o conselho de administração do CHCB em relação à portaria n.º 82/2014, de 10 de abril. O secretário de Estado da Saúde veio à Covilhã dizer que nenhuma valência vai ser fechada. Então, que altere a portaria e ponha tudo preto no branco“, disse à agência Lusa o coordenador da USCB.

Luís Garra falava à margem de uma reunião realizada hoje, a pedido do presidente do conselho de administração do CHCB.

O sindicalista explicou ainda que a USCB vincou a total disponibilidade para pressionar o Ministério da Saúde no sentido de alterar a portaria e disse que “esta pressão só terá resultados se a população se envolver” no processo.

O coordenador da USCB sublinhou ainda a necessidade de haver uma maior pressão por parte do poder local, apesar de reconhecer as várias declarações públicas de alguns autarcas sobre o assunto.

Porém, o sindicalista referiu que “declarações sem ação não são suficientes”.

Centro Hospitalar Cova da Beira

Temos que passar para outro patamar“, adiantou.

Luís Garra recordou que apesar da convergência existente entre a USCB e a administração do CHCB, “quem determina as políticas de saúde é a tutela” e não o centro hospitalar.

*Jornal de Oleiros/ Lusa

Esta entrada foi publicada em Ciência, Covilhã, Destaques. ligação permanente.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *