GNR ativou 10 postos de vigia no distrito de Castelo Branco

INCÊNDIOS

Incêndio

A GNR de Castelo Branco ativou na quinta-feira a rede primária de postos de vigia no distrito, para os quais foram contratadas 20 pessoas, dando início à operação “Floresta Segura 2014“, anunciou hoje a corporação.

Nesta fase, que coincide com o início da fase bravo prevista na diretiva operacional nacional relativa ao dispositivo especial de combate a incêndios florestais, entram em funcionamento 10 postos de vigia da rede primária para os quais foram contratadas 20 pessoas“, refere a GNR em comunicado.

Além da ativação dos postos de vigia, entrou também em funcionamento a Equipa de Manutenção e Exploração de Informação Florestal (EMEIF), dando início no distrito à operação da GNR “Floresta Segura 2014“, que se estende até 31 de outubro.

De acordo com o comunicado, a missão dos militares implica uma “intensificação das ações de patrulhamento e de vigilância das zonas florestais e no incremento da fiscalização das atividades ilícitas contra o património florestal, com vista a prevenir e a detetar a eclosão de incêndios florestais“.

No ano passado, os vigilantes dos postos de vigia “foram responsáveis por uma taxa superior a 17% de primeiras deteções“, refere a GNR.

*Com gentileza da Lusa
Esta entrada foi publicada em Castelo Branco, Destaques. ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *