Milhares visitam Festa da Divina Santa Cruz

MONSANTO

Festa em Monsanto

Recriações históricas, cortejos, jantares e espetáculos medievais foram os ingredientes do regresso de Monsanto, concelho de Idanha-a-Nova, aos tempos de Vila Templária, nas festividades da Divina Santa Cruz.

Decoradas a rigor com bandeiras, estandartes e personagens medievais, as ruas e praças da aldeia histórica convidaram milhares de visitantes para uma viagem no tempo, num fim-de-semana repleto de cor, animação e produtos regionais.

Foram dias e noites de festa, de 2 a 4 de maio, que possibilitaram aos turistas das mais diversas nacionalidades “desfrutar de uma aldeia com muita história, de grande riqueza patrimonial e cheia de vida”, referiu em Monsanto o presidente da Câmara de Idanha-a-Nova, Armindo Jacinto.

Milhares de pessoas visitaram Monsanto

O autarca falava pouco antes de participar num cortejo régio pelas ruas do burgo, uma das muitas recriações histórias dinamizadas neste evento pela Companhia de Teatro Viv’Arte, que criou recentemente o núcleo Viv’Arte Templário na aldeia histórica de Idanha-a-Velha.

As teatralizações deste grupo e seus colaboradores, especializados em trazer para o presente rábulas e tradições de outrora, divertiram e educaram os visitantes com arruadas, provas de tiro com arco, torneios de armas e espetáculos de cetraria.

Naquela que é conhecida como a “aldeia mais portuguesa de Portugal” houve ainda lugar às tradições religiosas e populares da Divina Santa Cruz. No domingo realizou-se a eucaristia seguida de procissão e, também, o ritual do lançamento do pote caiado de branco, ornamentado com flores silvestres, aludindo à lenda do cerco do castelo.

Recriação

A Festa da Divina Santa Cruz foi uma organização conjunta do Município de Idanha-a-Nova e da União de Freguesias de Monsanto e Idanha-a-Velha, promovida pelas Aldeias Históricas de Portugal e cofinanciada pelo QREN, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional

Esta entrada foi publicada em Destaques, Idanha-a-Nova. ligação permanente.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *