Festival de Tunas mostra espírito académico em Idanha-a-Nova

XVI FITUIN

Muita música, animação quanto baste e espírito académico marcaram o XVI FITUIN, Festival Internacional de Tunas, realizado em Idanha-a-Nova nos dias 11 e 12 de abril.

Uma das Tunas em plena atuação

O evento teve ainda uma vertente solidária, promovendo a recolha de brinquedos, roupa e alimentos a favor da Santa Casa da Misericórdia de Idanha-a-Nova.

Organizado conjuntamente pela Associação de Estudantes da Escola Superior de Gestão de Idanha-a-Nova e da Carpe Tuna, com o apoio do Município raiano, da Junta de Freguesia da União de Freguesias de Idanha-a-Nova e Alcafozes e ainda da Escola Superior de Gestão de Idanha-a-Nova (ESGIN), o evento é o mais antigo festival de tunas do Instituto Politécnico de Castelo Branco (IPCB).

Estiveram a concurso três tunas, a ESTuna, Tuna de Engenharia da Escola Superior de Tecnologia de Setúbal, que viria a vencer o prémio de Melhor Porta-Estandarte, Melhor Pandeireta, Melhor Solista e Melhor Tuna, A Ma’ESTIG’ama Tuna, Tuna Masculina da Escola Superior Tecnologia e Gestão de Beja que arrecadou os prémios de Melhor Pasacalles, Tuna mais Tuna, Melhor Instrumental e Melhor Original e o Grupo Académico “Seistetos” – Tuna Masculina da Universidade de Évora que garantiu o prémio Tuna do Público.

Extra concurso, atuaram ainda duas tunas locais, a Carpe Tuna – Real Tuna Académica Masculina da Escola Superior de Gestão de Idanha-a-Nova, anfitriã e a Adufótuna – Tuna Feminina da Escola Superior de Gestão de Idanha-a-Nova.

A 16ª edição do FITUIN contou ainda com outros momentos musicais, nomeadamente a noite de serenatas na sexta-feira dia 11 e o tradicional “Pasacalles” na tarde de sábado.

Esta entrada foi publicada em Idanha-a-Nova. ligação permanente.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *