25 Abril, 40 Anos, 40 Depoimentos, hoje com Eduardo Marçal Grilo

Administrador da Fundação Calouste Gulbenkian desde outubro de 2000 e ex – Ministro da Educação do XII Governo Constitucional entre 1995 e 1999, entre muitas outras funções que desempenhou, o nosso convidado de hoje é um homem nascido em Castelo Branco e que faz, há muitos anos, do ciclismo uma das suas maiores paixões. Autor ou co-autor de variadíssimas livros, relatórios e artigos nos domínios da Engenharia, Ajuda ao Desenvolvimento e da Educação/Formação.

É pois, um testemunho importante, nesta série de depoimentos sobre o 40º aniversário do 25 de Abril.

1ª – Onde se encontrava no dia 25 de Abril de 1974?

Eduardo Marçal Grilo, ex - Ministro da Educação do XII Governo Constitucional entre 1995 e 1999

No dia 25 de Abril dirigi-me manhã cedo à Academia Militar onde eu cumpria o serviço militar como professor de Tecnologia no curso de Engenharia Mecânica.

Com a Academia em estado de prevenção e sem aulas regressei a casa onde passei o resto do dia com a minha mulher e os meus filhos que também não foram às aulas pois o colégio tinha sido encerrado.

Segui todos os acontecimentos através da rádio e dos telefonemas que troquei com diversos amigos.

2ª – O que significa para si, passados 40 anos, o 25 de Abril?

A revolução do 25 de Abril representa sobretudo uma alteração de regime em que se passou de um sistema político fechado e autoritário para uma democracia do tipo ocidental em que estão garantidas todas as liberdades – de opinião, de expressão e de manifestação sem censuras e sem constrangimentos de qualquer natureza sejam de ordem política, religiosa ou outra.

Representou também uma grande oportunidade para que o país se integrasse na Europa e participasse neste grande projeto de construção da União Europeia. Mesmo com todas as dificuldades porque passa a União Europeia esta continua a ser um projeto único e inovador que pode colocar os europeus num patamar de desenvolvimento capaz de competir com os restantes grandes polos de desenvolvimento a nível mundial.


Esta entrada foi publicada em Destaques, Política. ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *