Vila Velha de Ródão atribui papel fulcral ao património do concelho

DIA INTERNACIONAL DOS MONUMENTOS E SÍTIOS

Integrada nas comemorações do Dia Internacional dos Monumentos e Sítios, realizou-se, no passado dia 13 de abril, uma iniciativa partilhada pela Câmara Municipal de Vila Velha de Ródão e a Associação de Estudos do Alto Tejo que transportou para o espaço único do lagar de Varas do Enxarrique, um evento que marcou o lançamento do número 6 da revista Açafa on-line, uma publicação de cariz patrimonial que recolhe contributos de investigadores de diversas áreas do saber, e que têm como pano de fundo o território dos concelhos situados no Alto Tejo Português.

O evento contou com a intervenção do presidente da Câmara de Vila Velha de Ródão que deu nota do papel fulcral que o município atribui ao património e traçou as linhas orientadoras de uma política de valorização de sítios de importância arqueológica, em complemento com a dinamização de um conjunto de espaços museológicos existentes em diferentes localidades do concelho.

A intervenção da Associação de Estudos do Alto Tejo referenciou a importância da revista Açafa que, ao longo dos anos em que se edita exclusivamente em formato digital, tem possibilitado aos públicos interessados, o fácil acesso à informação patrimonial e que já conta com o contributo de mais de 100 estudiosos.

Assistência atenta e interessada

Este formato destaca-se pela sua versatilidade e pela escassez de recursos económicos que mobiliza, justificando-se, para um futuro breve, um caráter bilingue pois a acesso a partir de universidades em vários locais do mundo é cada vez mais frequente.

Para abrilhantar esta sessão, que se pretendia chegasse a um público diversificado, contou o evento com a presença de António Fontinha e José Craveiro, dois contadores de créditos firmados que deram à audiência o complemento adequado para a prender a um evento com a duração de três horas.

A concluir foi proporcionado aos participantes a degustação de produtos locais, também eles enquadrados no mesmo patamar de qualidade que se pretendia para a realização que, no nosso entender foi alcançado tendo para isso contribuído as queijarias de Alfrívida, Lourenço e Filhos, a padaria Canelas, os enchidos da Herdade da Lameira, os presuntos Rodrigues e o azeite e mel de distinta qualidade da Rodoliv e da empresa Claro.

Neste mesmo dia, durante a manhã, foi realizado em coordenação com a Naturtejo, um passeio pedestre cujo traçado percorreu os segredos da geologia e arqueologia urbanas de Ródão.

 

 

Esta entrada foi publicada em Destaques, Vila Velha de Ródão. ligação permanente.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *